Nacional

Ex-técnico do Barcelona revela faceta negra e desconhecida de Messi

Lionel Messi após a derrota do Barcelona frente ao Real Madrid

A aventura de Quique Setién no comando técnico do Barcelona durou pouco mais de seis meses, mas o espanhol tem muito que contar sobre Lionel Messi.

O Leo é difícil de gerir e quem sou eu para mudá-lo. Se o aceitaram como é durante anos e nunca o mudaram… (…) Existe uma outra faceta que não a de jogador e que é mais complicada de gerir. Muito mais. Algo inerente a muitos desportistas, como se viu no documentário do Michael Jordan [The Last Dance]. Vês coisas que não esperavas. Ele é muito reservado mas faz-te ver como quer as coisas. Não fala muito. Mas manda-te o olhar, isso sim“, afirmou numa conversa com Vicente Del Bosque para o El País.

Veja também: Ronaldo acaba flash interview com um insólito: “Cristiano is back” (VÍDEO)

Num plano mais geral, Setién abordou o poder que os jogadores têm no futebol atual.

“Quando saí apercebi-me que deveria ter tomado opções diferentes mas há algo que está acima de ti: o clube e os adeptos. Por cima do presidente, do jogador e do treinador. É aos adeptos que deves o maior respeito. Há milhões de pessoas que pensam que o Messi, ou outro qualquer jogador, é mais importante que o clube e o treinador“, referiu.

A frase de Tata Martino e a discussão com Messi

Na mesma entrevista o treinador de 62 anos recordou a célebre frase de Tata Martino, para atestar o poder de que Messi goza no Barcelona.

Já sei que podes despedir-me a qualquer momento mas não preciso que o demonstres todos os dias“, disse o técnico argentino ao capitão blaugrana, aquando da sua passagem pelos catalães.

Veja também: Jesus reage aos casos de arbitragem do P. Ferreira-FC Porto

Setién não podia estar mais de acordo.

Não preciso que ma digas. Vivi isso. Tive experiências em dose suficiente para ter uma noção exacta de como é este e outros rapazes“, concluiu.

Já hoje o programa Què T’hi Jugues, da rádio espanhola SER Catalunya, deu conta de um conflito entre Setién e Messi na temporada passada.

Após o empate entre Barcelona e Celta de Vigo, ambos discutiram, com o técnico a atirar. Muitos jogadores do Barcelona questionaram as opções técnicas de Setién e o treinador respondeu forte ao argentino.

Se não gostas aquilo que digo, a porta é ali“, atirou.

Veja também: Ronaldo regressa com dois golos na goleada da Juventus (VÍDEO)

Deixe uma resposta