Nacional

“Sporting à frente de Benfica e FC Porto por ser campeão?” Amorim reage

Rúben Amorim, treinador do Sporting em conferência de imprensa de antevisão

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo da Supertaça que irá opor o Sporting ao SC Braga, Rúben Amorim abordou aquela que será a época dos leões.

Veja também: Varandas arrasa Pinto da Costa: “Não pode dirigir nenhum clube do país”

O técnico leonino chamou a atenção para a época mais desgastante e difícil que a equipa terá pela frente.

-

“Vai ser mais desgastante. Vai ser um desafio enorme, vamos jogar competições diferentes e temos mais responsabilidade. Há que encarar isso da melhor forma do lado entusiasmante do desafio e não com qualquer receio. Tivemos uma época muito boa, com pontos muito baixos também. É preciso ter atenção a esses momentos. No Sporting há muita cobrança e temos de viver bem com isso“, afirmou.

Veja também: Benfica espera pela Champions para responder a alta proposta por Darwin

Amorim recusou ainda a ideia de que o Sporting estaria em vantagem em relação a Benfica e FC Porto, em virtude do título conquistado na temporada passada. Pelo contrário, o treinador dos verde e brancos defende que agora a responsabilidade é maior.

“Falo nisso porque é o senso comum. Quando começamos o campeonato no ano passado ninguém dava nada por nós. Temos de apresentar uma forma de jogar ainda melhor. A responsabilidade aumenta. Não estamos num nível superior aos nossos adversários, não temos o mesmo orçamento nem a mesma experiência, mas o que temos é uma época de trabalho e um campeonato. Não mudou assim tanto. Chamo muito a atenção a isso para que os jogadores e todos no clube não se agarrem a um título, e possamos ter uma rede de apoio. O título já passou“, referiu.

Veja também: Adidas responde a boca de Jorge Fonseca após ganhar o bronze

Na próxima época os jogadores já jogarão com o apoio do público e Amorim está ciente de que os seus comandados terão de se habituar à cobrança dos adeptos, algo que não acontecia no ano passado.

São rapazes inteligentes, mas que ainda não viveram isso. Se houve fases da época em que nós, com a ajuda dos adeptos, ainda seríamos melhores e eu sinto isso, eles têm de estar preparados. Eles têm de saber que há alguns momentos em que vamos sentir esses assobios, vamos sentir alguns ‘bruáás’ e acho que os jogadores devem passar por isso e eles estão preparados mas só vivendo é que vamos saber a reação deles”, considerou.

Veja também: Rúben Amorim comenta a detenção de Luís Filipe Vieira (VÍDEO)

Até com os lenços brancos os jogadores terão de saber lidar.

Os lenços brancos e os assobios, num clube grande, temos de estar sempre preparados. Vai ser diferente, é um grupo que olha muito para o lado positivo das coisas, o que eles pensam e esperam é que os adeptos os vão apoiar, mas têm de estar preparados para o outro lado, porque faz parte de jogar num clube muito grande. Portanto, olhar para o lado positivo, vamos ter os nossos adeptos, vai ser uma festa e há que ganhar, é o foco”, concluiu.

Deixe um comentário