Internacional

Solskjaer defende Ronaldo e Bruno Fernandes das críticas de Ferdinand

O abraço de Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes no Manchester United-Newcastle

Após o Young Boys-Manchester United, Rio Ferdinand foi muito crítico sobre a postura de Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes no banco de suplentes. O antigo central considerou que a autoridade do treinador Ole Gunnar Solskjaer ficou beliscada.

Veja também: Ferdinand critica gesto de Ronaldo: “Se fosse treinador mandava-o sentar”

No entanto, o técnico dos red devils saiu em defesa da dupla portuguesa na antevisão ao jogo com o West Ham.

Rio, por vezes, comentas coisas que não conheces verdadeiramente. Devia ter sido exibido um cartão amarelo quando derrubaram o Nemanja [Matic]. O Bruno e o Cristiano, por serem tão competitivos, de repente, estavam ao meu ombro“, começou por dizer em declarações reproduzidas pelo jornal inglês The Telegraph.

Veja também: Peixeirada em direto entre João Malheiro e Octávio Machado (VÍDEO)

Eles estiveram lá durante um curto período de tempo e gritaram com o árbitro. Foi o resultado de algumas más decisões contra nós. Tanto o Cristiano como o Bruno sentaram-se. Sabemos que só um homem está autorizado a estar naquela área técnica, e sou eu, Michael Carrick, Mike Phelan ou Kieran McKenna”, prosseguiu.

Para Solskjaer a postura de Ronaldo e Bruno Fernandes foi uma demonstração de paixão.

Foi apenas uma questão provocada pelo momento, sobre um jogador que deveria ter sido expulso. Por isso, não tenho qualquer tipo de problema que eles demonstrem alguma paixão e depois recuem. Não é como se ele [Cristiano Ronaldo] estivesse a gerir os jogadores. Não“, concluiu.

Veja também: Pai abre saída do Benfica: “Perguntem a Jesus porque não é chamado”

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!