Nacional

Schmidt nem quer ouvir falar do Sporting: ‘Concentrados no Varzim’

Roger Schmidt em conferência de imprensa do Benfica

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Varzim, a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal, Roger Schmidt apontou para as dificuldades que o Benfica vai encontrar, apesar de os poveiros militarem numa divisão inferior.

“Espero um jogo típico de Taça. Estamos nos ‘oitavos’, vamos jogar contra um clube de uma divisão inferior que se tem saído muito bem. Ganharam os últimos jogos na Taça e isso mostra a abordagem deles. Dão pouco espaço, têm sempre muitos jogadores na zona onde está a bola. Não vamos subestimar isso nem a equipa deles. Sabemos que temos de estar prontos para um jogo complicado. Vamos dar tudo para vencer a Taça e amanhã é mais uma oportunidade para mostrarmos a nossa ambição”, afirmou.

Veja também: “Se conto com Ronaldo?” – A resposta de Roberto Martínez

Questionado sobre o regresso de Enzo Fernández aos treinos, depois das polémicas atitudes que protagonizou, o técnico encarnado não se alongou.

Já o disse na semana passada, a questão está encerrada. É um jogador nosso, está feliz. Faz parte da equipa e é um jogador-chave“, atirou.

Depois deste jogo para a Taça segue-se o derbi com o Sporting. Contudo, Schmidt descarta poupanças a pensar na partida.

Não temos uma segunda equipa, todos fazem parte do plantel principal. Não vai haver qualquer problema para recuperar entre os jogos. Já estamos habituados a isso. Levamos a Taça muito a sério e vamos entrar com a abordagem certa. Estamos concentrados em vencer amanhã e não estamos a pensar nas próximas semanas nem no jogo da Liga, apesar de ser um dérbi. Estamos completamente concentrados no jogo com o Varzim“, referiu.

Veja também: Villas-Boas envolvido em cilada com drogas – ÚLTIMA HORA

O treinador das águias falou ainda sobre o mercado de transferências.

Acho que demonstrámos no início da temporada que podemos contar com todos os jogadores que temos. Tivemos muitas vezes o mesmo onze inicial, mas muitas vezes também precisámos de fazer alterações e acho que mantivemos sempre o mesmo nível. Temos um calendário muito carregado e penso que temos um plantel que nos permite jogar assim. Claro que quando o mercado abre, temos de ver se podemos fazer alguns ajustes. Poderão haver jogadores a querer sair por não terem tantos minutos… Tudo pode acontecer. Já vendemos dois jogadores [Rodrigo Pinho e Diogo Gonçalves], que terão oportunidade de jogar mais. Eles concordaram com a decisão. Teremos de esperar para ver o que acontece nas próximas semanas”, disse.

Questionado mais uma vez sobre se a equipa concordou com o castigo aplicado a Enzo Fernández, Schmidt foi ainda mais curto na resposta.

A situação está encerrada, disse isso logo no início“, concluiu.

Veja também: Martínez quer um português na equipa técnica e sonha com conquista do Europeu

Deixe uma resposta