Nacional

Rúben Amorim já definiu o lateral-direito prioritário para reforçar o Sporting

Rúben Amorim em conferência de imprensa do Sporting

Segundo adianta o diário desportivo O Jogo, Rúben Amorim tem bem claro na sua cabeça o alvo prioritário para reforçar o lado direito da defesa do Sporting.

Veja também: Feddal goza com comentador da TVI após título do Sporting (VÍDEO)

De acordo com a mesma publicação, Ricardo Esgaio é o alvo preferido do técnico leonino, tendo já comunicado essa vontade a Frederico Varandas e Hugo Viana.

O lateral do SC Braga já era um alvo desejado por Amorim no início desta temporada. No entanto, a sua polémica transferência para o Sporting, assim como a incapacidade dos verde e brancos cumprirem com os prazos do pagamento, inviabilizaram o negócio. Na altura os bracarenses exigiam 20 milhões de euros por Esgaio.

Contudo, agora o cenário é outro, com os arsenalistas a pedirem 10 milhões de euros, um valor que o Sporting continua a considerar demasiado elevado.

Veja também: Os milhões que Ronaldo pagou para ter o seu novo e exclusivo Ferrari

Um dos fatores que podem ajudar os campeões nacionais a concretizar a transferência é a vontade do lateral. Esgaio já comunicou a pessoas próximas a vontade de mudar de ares e vê com agrado o regresso ao Sporting, onde de resto se formou, mesmo enfrentando a concorrência de Pedro Porro. O jogador também está agradado com a possibilidade de jogar a Liga dos Campeões.

Os verde e brancos vão também tentar jogar com o facto de deterem 20 por cento de uma futura transferência de Esgaio. O Sporting pretende usar este fator para baixar o valor da transferência para a fasquia dos seis milhões de euros e não descarta a inclusão de jogadores no negócio, tal como na transferência de Paulinho.

Veja também: Renovação em perigo? Sérgio Conceição admite pausa na carreira

A contratação de Esgaio serve também para responder a possíveis lesões de Pedro Porro na próxima temporada, que será mais sobrecarregada, em virtude da participação na Liga dos Campeões. O espanhol chegou a Alvalade com um histórico de lesões mas esta época tal não se verificou.

Porro foi sujeito a uma gestão física cuidadosa, com o departamento médico leonino a recomendar o seu descanso sempre que possível, algo que o calendário folgado ajudou a gerir da melhor forma. Só no final da época é que Porro contraiu uma rotura muscular na coxa esquerda.

Veja também: Ronaldo abandonado pelos colegas na Juventus após compra do Ferrari

Além disso a chegada da concorrência de Esgaio permitirá ao espanhol manter o nível elevado que apresentou esta época.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!