NacionalVídeos

Pinto da Costa e a Supertaça : “Pensávamos que íamos ser arrasados”

Pinto da Costa, após a reeleição como presidente do FC Porto

No dia do seu 83º aniversário, Pinto da Costa foi entregar no Museu do FC Porto a Supertaça conquistada diante do Benfica. Na hora de discursar, o presidente dos dragões felicitou e agradeceu aos capitães de equipa e a Sérgio Conceição, que o acompanharam nesta cerimónia.

Sei que todos vibrámos muito, até porque estávamos convencidos que esta época íamos ser arrasados. Estávamos ansiosos porque quando soubemos a data do jogo percebemos que íamos sofrer um vexame muito grande. Mas quem tem Sérgio Conceição e este plantel tem tudo e esse tudo está aqui traduzido na 22.º Supertaça.

Sérgio, muitos parabéns, tenho por ti uma amizade fraterna mas também uma grande admiração pelo trabalho, da mesma forma que pelos capitães aqui presentes, que já conheço há muitos anos e que têm muitas provas de amor ao FC Porto. São garantia que este não será o último troféu desta época”, afirmou.

Veja também: Benfica com mais dois casos de Covid antes da receção ao Portimonense

O líder dos azuis e brancos destacou as conquistas do FC Porto nesta altura de pandemia.

Esta 22.ª Supertaça conquistada pelo FC Porto, um número superior às ganhas por todos os outros clubes juntos, é a demonstração do querer, vontade e valor do plantel e do seu treinador. Depois de termos ganho o campeonato e a taça, parece-me que seria óbvio que no tira-teimas confirmássemos essa mais-valia.

Assim foi, fruto do grande trabalho de todos, numa altura difícil para o país, sobretudo para o futebol porque noutros setores há publico para motivar artistas. Só foi possível pela grande dedicação e espírito de família que existe no FC Porto. Sei que é o 5.º troféu do Sérgio Conceição como treinador e sei que não será o último“, concluiu.

Veja também: Comunicado do Benfica sobre o mal-estar entre Jesus, Vieira e Rui Costa

Veja o momento no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta