Segunda-feira, Novembro 30, 2020
Nacional

Jesus volta a apontar o dedo ao antijogo do Boavista

Jorge Jesus, treinador do Benfica

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Rangers, Jorge Jesus voltou a abordar aquilo que entende ser o antijogo do Boavista na derrota do Benfica (3-0).

Nestes jogos internacionais não há tanto antijogo, as equipas jogam como os seus conhecimentos e valor tático e não entram em situações de quebra de ritmo, paragens contantes no jogo. No Brasil isso não existe, o jogador está no chão e o jogo segue, só o árbitro pára o jogo. Isto acontece mais nos países que não têm um futebol evoluído. Nas competições europeias não vai acontecer”, afirmou.

Veja também: Ronaldo acaba flash interview com um insólito: “Cristiano is back” (VÍDEO)

Ainda assim Jesus garante que o Benfica já está recuperado da derrota inesperada e já só tem olhos para os escoceses.

“Hoje é o primeiro dia que vou trabalhar com os jogadores que jogaram. Não estávamos preparados para perder este jogo, vínhamos de uma fase muito boa. Mas o futebol é isto. Amanhã vamos jogar com a equipa mais forte que vamos encontrar esta época, vai-nos criar problemas, vai ser um jogo muito disputado em que qualquer um dos dois pode vencer. Em 18 eles jogos têm dois empates e 16 vitórias, é uma equipa que não sofre muitos golos, joga num 4x3x3 diferenciado. Vamos ver se defensivamente somos uma equipa forte até ao fomos ao jogo no Bessa e ofensivamente continuarmos a ser a equipa criativa que fomos até ao Boavista”, referiu.

Veja também: Ronaldo acaba flash interview com um insólito: “Cristiano is back” (VÍDEO)

O técnico destaca as qualidades do Rangers, antevendo um jogo difícil.

Vamos encontrar um adversário que com o Benfica penso que vai definir a classificação nesta fase de grupos. O adversário mais forte que encontrámos. Conheço bem esta equipa, no ano passado defrontou o FC Porto e o SC Braga. Tem um sistema de jogo diferenciado, parecido com o do Liverpool, joga sempre com a mesma ideia, fora ou em casa. Vai ser difícil para o Benfica, mas também vai ser difícil para o Rangers. Queremos apresentar-nos bem, como fizemos com o Standard Liège, sabendo que este adversário é mais forte”, concluiu.

Recorde-se que o Benfica-Rangers disputa-se amanhã, a partir das 17h55.

Deixe uma resposta