Segunda-feira, Novembro 23, 2020
Nacional

Jesus aponta o dedo ao Boavista após derrota do Benfica no Bessa

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa

Após a derrota do Benfica diante do Boavista (3-0), Jorge Jesus deixou críticas aos axadrezados.

Houve 31 faltas do Boavista, só na primeira meia hora já tinha 20 e tal, não nos deixou jogar e matou-nos completamente o jogo. Aliás, o som e fala dos jogadores e equipa técnica era ‘mata, mata, mata, não deixa jogar!’ E o árbitro permitiu que fizessem faltas constantes sem dar amarelos para condicionar e deixar jogar o jogo. (…) Hoje teve êxito mas se calhar contra outras equipas não tão fortes não vai ter…”, afirmou.

Veja também: Georgina revela detalhes da intimidade com Ronaldo: “É uma bomba”

No entanto Jesus também assumiu as sua quota de culpa nesta derrota.

“Mas não foi só esse fator. Também tivemos culpa. Senti a equipa carregada e com falta de mobilidade quando perdia a bola. Devia ter mexido mais na equipa, metendo mais jogadores frescos a jogar“, concluiu.

Deixe uma resposta