Nacional

Dirigente de Conselho de Arbitragem deixa acusação grave ao árbitro do Sta Clara-Benfica

Jogada aérea no Santa Clara-Benfica

Duarte Gomes recorreu à sua página de Facebook para denunciar um comentário polémico por parte de um dirigente de um Conselho de Arbitragem nas redes sociais.

Veja também: Georgina aflita a falar inglês mas leva sauditas à loucura (Vídeo)

Em causa está o comentário de António Gonçalves, vice-presidente do Conselho de Arbitragem de Santarém, que levantou suspeitas sobre o árbitro Fábio Veríssimo, que conduziu a partida entre o Santa Clara e o Benfica.

Tenho medo é de outro artista que está em campo“, escreveu o dirigente numa notícia do diário desportivo Record.

Duarte Gomes lamentou o comentário, ainda para mais de alguém com responsabilidade na arbitragem, considerando que não há condições para a pessoa em causa continuar no cargo.

Com muita pena minha, vi que alguém com responsabilidades na arbitragem (no caso, distrital) não conseguiu manter, em privado, uma opinião que nunca podia tornar pública.

Um Vice-Presidente de um Conselho de Arbitragem não pode nunca, sob pretexto algum, ter este posicionamento em relação a árbitros, arbitragens ou outros temas que, da sua parte, exijam equidistância ética e profissional.
Qualquer pessoa tem o direito a exercer o seu ponto de vista pessoal, mas quem tem cargos relevantes no futebol – e em particular no setor da arbitragem – está “moralmente obrigado” a ponderar o que diz, como e onde o diz.
São inerências óbvias da função
.

A minha opinião, de quem nada tem a ver com a indústria nem com a forma como ela é gerida, é simples: não tem condições para a continuidade no cargo.
Por cada ação, uma consequência.
Lamentavelmente.
PS – A referência em causa foi claramente direcionada ao árbitro da partida. Seria digno que esta evidência não fosse justificada de forma diferente”, escreveu no seu Facebook.

Veja também: Benfica já reagiu à nova proposta milionária do Chelsea por Enzo

Entretanto a APAF já apresentou queixa contra António Gonçalves e Guilherme Pascoal, vogal do Conselho de Arbitragem de Santarém, que manifestou a sua concordância em relação ao primeiro comentário polémico.

Estou plenamente de acordo contigo“, escreveu.

Deixe uma resposta