Nacional

“Descansar David Carmo devido às críticas?” – A resposta curiosa de Conceição

Sérgio Conceição em antevisão de um jogo do FC Porto

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o P. Ferreira, Sérgio Conceição diz que o FC Porto irá enfrentar dificuldades na receção aos pacenses, apesar de terem apenas dois pontos em 12 jornadas.

A classificação não nos diz muito. É um jogo contra um clube que tem feito épocas atrás de épocas sempre na 1.ª Liga. É uma equipa que sabemos que tem qualidade. Não está a atravessar um bom momento, daí a troca de equipa técnica e, partindo daí, começam as dificuldades do nosso jogo. Olhámos para os jogos que fizeram com o José Mota, olhámos para as dinâmicas como equipa, quando tinham e não tinham a bola. Olhámos para os esquemas táticos, mas não podemos adivinhar se será dentro desses comportamentos que vão jogar. Para já, perceber a qualidade da equipa do Paços. O José Mota anda há muitos anos disto e, no mínimo, quer o máximo dos jogadores naquilo que é o foco, agressividade, esse estado de espírito que também o caraterizava enquanto jogador. A nós espera-nos um adversário difícil dentro de um jogo onde precisamos de dar uma resposta. Temos de arrepiar caminho e fazer tudo para somar os três pontos”, afirmou.

Veja também: A curiosa reação de Rafa ao 1º lugar do Benfica na Champions: “Que se f***”

Conceição foi ainda questionado sobre a diferença de pressão entre estar na frente da liderança e a correr atrás.

A pressão é sempre a mesma, aqui somos sempre obrigados a ter resultados. Mas estar na frente dá uma pressão mais feliz, a pressão existe sempre e o estar atrás nunca é melhor do que estar na frente. Temos de ir atrás do prejuízo, que não é pouco, temos consciência que são oito pontos mas sabemos que o campeonato é longo“, referiu.

A pressão faz parte do nosso trabalho e da nossa vida. Dou-me bem com ela. Para nós, todos os jogos são finais, se queremos ir à procura do primeiro lugar e temos de defender estes escudo que temos na camisola. Está mais difícil, mas também esteve noutros anos e conseguimos. Não temos margem de erro para facilitar”, acrescentou.

Veja também: Fernando Santos reabre porta para o regresso de Rafa à Seleção Nacional – ÚLTIMA HORA

O técnico azul e branco rejeitou ainda a ideia de descansar David Carmo, perante as críticas de que tem sido alvo.

Descanso para David Carmo? Eu também teria de meter folga de vez em quando, também sou criticado. Mudanças vão existir com certeza, porque o Zaidu está fora. Vamos ver se haverá mais alguma. Este grupo está em evolução, mas existe gente experiente, que percebe que temos de dar outro tipo de resposta que não demos principalmente no último jogo do campeonato“, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!