Nacional

Amorim volta a defender Esgaio: “Os fãs têm direito de estar chateados com o treinador”

Rúben Amorim em conferência de imprensa de antevisão a um jogo do Sporting

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Varzim, Rúben Amorim voltou a abordar o difícil momento de Ricardo Esgaio no Sporting.

Veja também: “Sporting tem a obrigação de passar a fase de grupos? Só se uma pessoa for louca”

O técnico leonino saiu uma vez mais em defesa do lateral, depois de ter comprometido na derrota diante do Marselha, a contar para a Liga dos Campeões.

No entanto, o técnico não pensa em fazer gestão na Taça, garantindo apresentar um onze que dê garantias de alcançar a vitória.

Em relação ao Esgaio é a mesma resposta que dei na altura do Adán. Vamos apresentar a equipa que nos dá mais garantias de vencermos o jogo. Não vai haver gestão nenhuma. Nós temos de fazer gestão do plantel e do momento. O momento diz-nos que temos de ganhar e que jogamos contra uma equipa que ainda não perdeu. Não interessa a divisão na Taça de Portugal. Há pouco tempo, há três anos, o Sporting foi eliminado pelo Alverca, da mesma divisão. Sabemos dos problemas que isso traz. Nós temos um objetivo apenas, ganhar. Vamos apresentar o melhor onze para ganhar este jogo, fazendo aqui ou ali alguma rotação, porque também há jogadores que precisam de jogar, mas sem pensar em qualquer facilitismo ou rodagem de plantel”, afirmou.

Questionado sobre como gerir o lado psicológico do jogador, Amorim assegura que o foco é outro.

Tenho de focar-me no jogo e os jogadores igual. O passado já lá vai, todos vamos fazer melhor e o objetivo é que consigamos fazer vitórias consecutivas“, referiu.

Veja também: Diego Simeone deixa sério aviso a João Félix: “Vou ser muito claro”

Amorim foi também questionado sobre a hipótese de resguardar Esgaio.

É esperar pelo jogo com o Varzim para saber a minha forma de gerir. Falta um diazinho só“, atirou.

O treinador dos verdes e brancos respondeu sobre a insistência em apostar em Esgaio.

É feitio, às vezes até faço pior, e insisto nos que escolho. Percebo a frustração dos adeptos, mas é focar-me no Varzim e ganhar jogos. Tive situações destas e sei que temos é de ganhar jogos. Os fãs têm direito de estar chateados com o treinador, porque não conseguimos jogar os últimos dois jogos na Liga dos Campeões. Vamos ganhar ao Varzim e seguir em frente”, disse.

Amorim falou ainda sobre como gerir este momento difícil.

O principal é eu focar-me no jogo. O passado já lá vai, aconteceu na semana passada, e a minha forma de gerir as coisas é pensar só neste jogo. O pensamento é: daqui para a frente vamos todos fazer melhor no Sporting, queremos ser melhores, ganhar mais jogos, o foco é trabalhado para o Varzim e nada mais do que isso. Não digo afetar mais, mas foi uma semana difícil. Com o Marselha, não conseguirmos competir. Passaram dois jogos e não sentimos nada. Errámos e não conseguimos competir, e isso cria frustração. Noutras derrotas tentámos e não conseguimos. Com o City e Ajax foi diferente porque eles foram bem melhores. Entre estes dois jogos houve o jogo do Santa Clara, cuja segunda parte me deixou claramente irritado. Diria que não foi a derrota mais difícil de digerir, porque não há muito para tirar do jogo em si, mas se calhar foi a semana mais complicada. Tivemos culpa“, disse.

Veja também: Conceição: “Não podemos deixar de ser a equipa que somos senão pode acontecer Taça”

Sobre o jogo com o Varzim, Amorim diz esperar uma verdadeira batalha.

“É uma equipa que ainda não perdeu, e uma equipa que ainda não perdeu… As equipas que ainda não perderam entram em todos os jogos, para além da ambição que têm, vivem momentos em que tudo corre bem. É uma equipa muito bem trabalhada pelo Tiago, que já ganhou a uma equipa de uma divisão superior, um clube com uma identidade forte, com o espírito da Póvoa, nós temos o Neto que conhece bem esse espírito, temos de estar preparados, porque vai ser uma batalha. Esperamos um jogo de Taça. Não temos nada a ganhar, apenas passar à próxima eliminatória, temos a responsabilidade do jogo, queremos ganhar, é uma prova que ainda não ganhámos no Sporting. O Sporting tem muita história na competição e é um dos objetivos para a época”, frisou.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!