Nacional

Vieira perdoa Rui Costa e atira: “Quem me tramou foi o Moniz”

Luís Filipe Vieira e José Eduardo Moniz

O Correio da Manhã, avança com um alegado desabafo de Luís Filipe Vieira com pessoas próximas, em que este terá perdoado Rui Costa, por tê-lo ignorado aquando da tomada de posse como presidente do Benfica.

Veja também: Custou 7,5M€, não vingou e está de saída do FC Porto

No entanto, o antigo líder dos encarnados apontou o dedo a José Eduardo Moniz.


Quem me tramou foi o Moniz e ele fez o que o Moniz lhe mandou“, afirmou.

Vieira aconselha Rui Costa a mudar de comportamento, para assim vencer as eleições.

Tem de começar a pensar pela cabeça dele. Não um pau mandado de ninguém, não pode obedecer a quem tem agendas próprias e que não coloca o Benfica em primeiro lugar“, referiu.

Veja também: “Terramoto Ronaldo” pode afetar contas da Juventus, PSG e Real Madrid

O antigo presidente das águias considera que agora “não é ainda tempo de ajustes de contas”.

Por outro lado, Vieira criticou Domingos Soares de Oliveira junto do seu círculo de amigos, considerando o silêncio do administrador financeiro da SAD do Benfica como um sinal de medo.

Não havia nada que ele não soubesse. Desde a aliança ao FC Porto, até aos negócios dos jogadores. Ele é que tratava da parte financeira e conhecia todos os dossiês. Percebo que tenha ficado assustado, mas o silêncio não é aceitável“, atirou.

Veja também: Rui Pedro Braz trabalha para garantir prodígio do Santos para o Benfica

Por último Vieira manifestou a sua crença de que Rui Costa poderá seguir as suas pisadas.

O Benfica não pode ceder aos resultados. Se falharmos o acesso à Champions não podem crucificar o Rui Costa e desbaratar tudo o que deixei. Deixei o Benfica com tudo pago. E isso ninguém me tira“, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!