NacionalVídeos

VÍDEO: Questão de jornalista sobre o Robocop que deixou Conceição a rir

Na conferência de imprensa de antevisão ao Tondela-FC Porto, Sérgio Conceição recordou a partida da jornada passada contra o Belenenses SAD.

Veja também: ÚLTIMA HORA: As primeiras palavras de Lage após saída do Benfica

O treinador portista considera que apesar da goleada imposta, a partida contra a equipa do Restelo serve de exemplo para aquilo que há a melhorar.

No [jogo contra o] Belenenses SAD houve momentos individuais, daquilo que é tal sexto momento. Falamos sempre dos quatro momentos, organização transição ofensiva, transição defensiva, organização ofensiva, organização defensiva, depois há um quinto, que foi inventado pelo Jorge Jesus, as bolas paradas. Brinco com ele com isso. E há o sexto, talento do jogador, às vezes é isso que conta. No Belenenses SAD ficou mais no olho momentos fantásticos individuais, em termos coletivos se calhar fizemos dos jogos mais fracos em casa. Principalmente na primeira parte. Há sempre coisas a melhorar, a trabalhar. O foco é melhorar. Fazer um resumo do que se passou no jogo, perceber o que a equipa não está a fazer tão bem e melhorar”, analisou.

Veja também: A pechincha que o Benfica terá de pagar ao Flamengo por Jesus

Mais para o final da conferência de imprensa Conceição foi surpreendido com uma questão de um jornalista, que o comparou ao Robocop pós-confinamento, deixando o técnico dos dragões a rir.

Antes da paragem, fui igual a mim próprio. Penso que não mudei assim tanto… Mas Robocop porquê? Estou politicamente correto? O meu desejo é ser campeão desde o primeiro dia em que chegámos. Quem não luta por esses objetivos, não faz parte do que é o clube. Esse é o desejo de todos nós. Ainda não somos campeões de nada“, afirmou.

Veja o momento no vídeo abaixo.

Veja também: Racismo: FC Porto: Wilson Manafá atira-se ao jornal A Bola

Por último Conceição foi questionado se a eventual conquista do título por parte do FC Porto se seria mérito próprio ou demérito do Benfica.

As pessoas falam do que acham que têm de falar. Temos feito o nosso trabalho, não muda nada o que gravita em torno do futebol. Não podemos controlar isso“, concluiu.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!