Nacional

‘Vai ver o SC Braga-Benfica?’ – A resposta de Sérgio Conceição

Sérgio Conceição em antevisão de um jogo do FC Porto

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Sporting, Sérgio Conceição considera tratar-se de uma partida difícil para o FC Porto mas não decisiva para o desfecho do campeonato.

Acho que nestes jogos, independentemente do momento das equipas e da pontuação, são sempre jogos grandes. É um clássico do futebol português. Olhar para o Sporting, para a nossa equipa, e perceber o que temos a fazer. Sabemos que é um jogo praticamente de Champions, um jogo que vai exigir estarmos ao mais alto nível em todos os momentos, na questão da mentalidade. Esperemos estar à altura deste clássico que é importante para nós, é um rival direto. Costumo dizer que vale 6 pontos, três que ganhamos e três que não deixamos ganhar. Mas também tenho consciência que não é à 14.ª jornada que se decidem campeonatos“, afirmou.

Veja também: A mudança surpreendente de visual de Pedro Guerra que já é viral (Foto)

O técnico dos dragões foi convidado a destacar os pontos fortes dos leões e a falar sobre a condição física de Pepe.

É importante perceber, a cada hora que passa, se vamos utilizar o Pepe ou não. Vamos ver até à hora do jogo. O Rúben tem feito um trabalho muitíssimo bom, de alto nível. O Sporting é neste momento o líder, passou à próxima fase na Europa. São sempre jogos muito competitivos, contra uma equipa que se reforçou bem no mercado. Pontos fortes têm alguns, faz parte da nossa estratégia decifrá-los para não sofrermos com isso, olhando também para o que o Sporting não faz tão bem, porque nenhuma equipa é perfeita. Vamos a Alvalade tentar ganhar o jogo”, referiu.

Conceição destacou a importância de Pepe e foi questionado sobre se o Sporting é melhor ofensivamente com um jogador como Gyökeres.

O Pepe é muitíssimo importante, não só em campo como fora dele. É muito mais do que a mentalidade dele. Se não o tivermos, isso não vai mudar a estratégia para o jogo, isso posso garantir. Sporting? É diferente. É um Sporting diferente. Com um avançado da qualidade do Paulinho, que está no banco… Isso quer dizer alguma coisa. Relativizo sempre a questão dos titulares e dos suplentes, não lhes chamo suplentes mas sim reforços, que quando entram têm de dar algo mais à equipa. O Sporting é muitíssimo equilibrado em todos os aspetos e em todos os momentos, um Sporting forte que compete sempre a alto nível. Estamos à espera de um Sporting competente, muito competitivo, com uma ou outra variante no seu jogo, mas isso faz parte da estratégia. Obviamente que olhamos para o adversário para depois definirmos algumas nuances no jogo tendo em conta o adversário”, disse.

Veja também: A reação de Sérgio Conceição ao acidente de Pinto da Costa

O técnico azul e branco foi ainda questionado sobre a pressão que irá fazer sobre a equipa leonina e se será espetador atento do SC BragaBenfica.

“Clássico? Isso faz parte da estratégia definida. Não podemos é ficar a meio, nem sermos pressionantes e não baixarmos quando temos de baixar… Temos de perceber em que zona do campo estamos, o que queremos fazer nos diferentes momentos. Se fosse aqui desvendar… Fico contente com a curiosidade futebolística que têm, isso faz falta ao futebol, mas perguntaram logo sobre uma estratégia de jogo. Tem de haver um equilíbrio entre a fase ofensiva e a fase defensiva. Está tudo relacionado, quando temos a bola temos de estar preparados para defender, é também nesses momentos que o Sporting cria perigo. Quando não a temos, temos de estar preparados para explorar o espaço que o Sporting deixará. Não pode prevalecer só a organização defensiva ou o processo ofensivo. SC Braga-Benfica? Espero que seja um bom jogo entre duas equipas que têm demonstrado/merecido estarem juntos aos primeiros lugares“, concluiu.

O Adeptos de Bancada já está no YouTube com vídeos imperdíveis! Vai ficar de fora? Junte-se ao nosso 11 e subscreva o nosso canal aqui!

Deixe um comentário