Nacional

Rui Santos arrasa comentador do FC Porto e deixa farpa a Francisco J. Marques: “Cartilheiro sem vergonha”

Rui Santos, jornalista

Rui Santos usou do seu espaço de opinião para responder ao ataque de que foi alvo por parte de Diogo Faria. O diretor de conteúdos multimédia do FC Porto, recorde-se, apelidou o jornalista de vendedor de chamadas acrescentadas.

Veja também: Comunicado do Benfica em resposta a declarações polémicas de Jesus no Brasil – ÚLTIMA HORA

Rui Santos acusa Diogo Faria de transformar um elogio que fez aos dragões num ataque e adotar estratégias de manipulação e definição de bodes expiatório.

Pelo meio dirigiu farpas a Francisco J. Marques.

Veja abaixo o artigo na íntegra:

Há um rapazinho de nome Diogo que volta e meia me dedica um tempo importante da sua inexistência.

O rapazinho, porque aparece no ‘tal canal’, deve considerar-se o maior da sua rua.

Veste a capa de super-herói e sentindo-se escudado pelo aparelho de comunicação de um grande clube — o FC Porto — que um dia vai ter de limpar os seus corredores de gente mal formada e sem um mínimo de condições para valorizar e engrandecer a imagem do FC Porto, uma instituição cuja saúde e credibilidade são essenciais para o equilíbrio e o crescimento do futebol português, atira-se contra as paredes, achando que tem os poderes do homem-aranha.

Um miúdo que se atira contra as paredes a pensar que tem super-poderes precisa de auxílio, e esse é o lado menos lúdico da estória.

Dizem-me que o apelido é Faria.

Ora ele faria muito melhor se utilizasse a sua formação em história (mesmo que seja a medieval) para valorizar os aspectos positivos da história do FC Porto.

Faria muito melhor se, em vez de chamar cartilheiro a tudo e a todos, misturando quem é verdadeiramente cartilheiro daqueles que não se deixam capturar, se olhasse ao espelho e lhe perguntasse se ele não é o maior exemplo de um cartilheiro sem vergonha, que vomita as letras ditadas por uma letra ainda menor.

A letra é j, de ‘jota’.

O FC Porto é uma grande instituição, que merece o meu e o nosso respeito e essa parte dói ao rapazinho e aos seus manipuladores porque até os meus elogios, por exemplo, ao SÉRGIO CONCEIÇÃO, ao PINTO DA COSTA, ao PEPE, ao URIBE, ao VITINHA e à equipa de futebol do FC Porto são ouvidos (?) como… ataques ao clube!!!

O problema deles é que elogio quando tenho de elogiar e critico aquilo que me parece passível de crítica.

No FC Porto, no Benfica, no Sporting, como ‘eles’ sabem.

Eu posso dizer, como tenho dito, que ‘o FC Porto é a melhor equipa deste campeonato’ mas o rapazinho ou é surdo ou o chip que lhe instalaram no cérebro tem uma ‘potência’ tão forte no sentido de lhe bloquear a percepção da interpretação — e, assim, da boca automatizada, só lhe saem palavras ordinárias, isto é, vulgares e manipuladas.

A pior coisa que um ser humano pode demonstrar é ser dependente, controlado e, com isso, mostrar tão fraca auto-estima por si próprio.

Estes miúdos nem percebem o quão é terrível para a sua imagem enquanto cidadãos precisarem de estar nas mãos de clubes de futebol para se sentirem mais úteis do que na biblioteca.

No FC Porto há gente que está cansada desta estratégia de utilizar a mentira e a coação ou para vergar e capturar quem foge ao alinhamento do pelotão ou para vestir a farda de um exército de comunicação que só serve para insultar, inventar, denegrir, descontextualizar, ofender e criar uma ideia de protecção do FC Porto, cujas lideranças vêem nesses algozes, ditadores de meia tigela, uns pobres coitados, os instrumentos certos para fazer o ‘trabalho sujo’ que entendem ser necessário no futebol cá da paróquia, muitas vezes para desviar atenções sobre assuntos muito sérios.

Eu sei que esse rapazinho chamado Diogo não tem culpa porque não passa de uma marioneta, mas já agora pergunte ao seu manipulador se se lembra de um dia, quando foi de Lisboa para o Porto, me ter ligado a fazer rasgados elogios à minha independência e isenção, colocando-se à disposição para todo o tipo de esclarecimentos que eu necessitasse.

Eu não misturo a grandeza do FC Porto e a paixão que os adeptos têm pelo clube da nobre Cidade Invicta com gente arruaceira que faz muito mal ao clube e que o tem impedido de ser ainda maior.

Nunca ninguém disse a esse rapazinho chamado Diogo, para os amigos o Dioguinho, que não tem nem história, nem passado, nem sequer um mínimo de condições (chama-se educação!) para se sentar num estúdio de televisão, mesmo que esse estúdio tenha sido construído para dar palco aos bodes expiatórios da nomenclatura?

Esse rapazinho chamado Diogo faria muito melhor se percebesse que ele está do lado errado da história.

Faria muito melhor e mostraria alguma inteligência se percebesse que o futuro do FC Porto está naqueles que têm uma ideia real de pluralismo, de democracia, de tolerância por ideias diferentes, de olhar para o céu e ver as estrelas em vez de se fecharem num bunker, à luz de uma vela, e verem em tudo um fantasma, um inimigo, um anti-porto e, não se coibindo de patrocinar dinâmicas absolutamente anti-sociais e anti-democráticas.

Esse rapazinho chamado Diogo faria muito melhor se percebesse o quão contraditório é falar da falta de audiências e depois darem-me o palco que me dão.

Se sou assim tão irrelevante, qual a razão por que, volta e meia, eu ocupo tanto tempo desses programinhas?

Esse rapazinho chamado Diogo faria muito melhor se visse as suas próprias audiências. Não tem mesmo a noção do ridículo.

E não pense que espalhar a mentira nas redes sociais chega para se tornar importante na estrutura: as pessoas não são estúpidas e sabem que a técnica de se acharem bodes expiatórios, a montante e a jusante, faz parte da estratégia de desviar atenções de assuntos muito sérios. Muito sérios mesmo.

Eu sei que andaram desalmadamente a fazer pressão sobre a SIC para me calarem, utilizando a suposta influência de analistas políticos com aparições na análise futebolística, mas eu saí da SIC porque quis, porque me apresentaram um projecto credível, e hoje estou num registo transversal, em televisão e no digital, na TVI e na CNN Portugal, com elevados níveis médios de audiência.

E é isso que lhe(s) dói.

Cá estarei para continuar a assinalar os méritos do FC Porto mas também para criticar comportamentos com os quais jamais pactuarei.

A si, Dioguinho, a quem estimo as melhoras, aconselho-o a utilizar melhor os seus conhecimentos de história medieval. É que os tempos medievais já passaram à história e ele faria muito melhor em perceber isso.

Se o deixarem.”, pode ler-se no site da CNN Portugal.

Veja também: “O Bayern de Munique e equipas inglesas queriam-me mas eu optei pelo Benfica”

12 comentários

  • …este senhor – como todos os que pululam nas TVs de Lisboa, nunca dá ponto sem nó e quando – muito raramente – tece algum comentário favorável ao FCP, embrulha-o sempre – sempre – em um outro, pejorativo. Está no seu ADN, É tão natural nele , assim como em todos – todos – os cartilheiros de Lisboa – que nem se apercebem. Há muito deixei de ver o vómito que são as horas intermináveis de programas sobre futebol, que de futebol nada falam. Se percebessem, saberiam que JJ é um treinador menor e quando estava em bico de pés no Brasil, com todo mundo ajoelhado aos seus pés, escrevi um artigo e publicado na devida altura (ainda estava JJ no Brasil), dizendo que o homem é bom para treinar equipas jovens com talento e grande margem de progressão. NUNCA para treinar uma equipa de craques. Seria um desastre… como veio a ser com 120 milhões gastos pelo SLB. A razão é simples: JJ não tem cérebro para jogadores de topo. Estes jamais aceitariam os seus métodos de trabalho. E disse mais nesse artigo: que nenhuma equipa de topo europeu lhe daria trabalho. Dos “cientistas da bola” que poluem as TVs de Lisboa, alguém percebeu isto? Nenhum. Um deles andou a cuscar a minha página quando publiquei a opinião, mas creio que não percebeu nada do que escrevi. E já agora, quanto ao SLB. Rui Costa vai entrar num caminho errado: Se quer recuperar rapidamente a grandeza que o SLB já teve, não pode contratar um treinador medíocre., como contratou. O que vai acontecer? Vai tentar vender alguns craques, para comprar outros, descurando os miúdos do clube. Miúdos com talento e grande margem de progressão. Manteria o Veríssimo e se queria mudar, eu no lugar dele, ia buscar o treinador do GIL. O problema do SLB é não ter tempo e querer fazer tudo à pressa. Ora, esta estratégia só resulta em clubes com muito dinheiro e mesmo assim, nem todos ganham.

  • Pergunto-me quantas horas palhaço demorou a escrever este livro acerca da (in)existencia do Dioguinho. Falsos elogios ao FC Porto não são elogios, apenas falsidade e hipocrisia. E é muita falta de educação denegrir alguém pela sua idade. Não gostou das palavras do Diogo? Respondeu da pior maneira possível. Cresce Rui Santos, tens idade para isso.

    • Meus parabéns sou um benfiquista de ALMA e CORAÇÂO e subscrevo tudo o que o sr escreveu incluindo a contratação de um dos melhores treinadores em Portugal e vê-se pelos resultados que obteve no Gil Vicente.

  • Este Ruizinho “Santinho” é a coisa mais tarouca que alguma vez se viu no mundo futebol. Tanto diz como contradiz-se. É o exemplo perfeito da personalidade camaleão ou então cata-vento. Deve andar a tentar, tal como o “outro”, a ser Diretor Desportivo (DD) de algum dos grandes de Lisboa. É que o “outro” (outra tarouca” criticava o comportamento reativo de banco do FCP às roubalheiras e que no entanto, desde que é DD do SLB, não tem feito outra coisa senão contradizer-se pelas histerias que tem praticado. Haja paciência para esta mer…da!

  • “dioguinho” foi pura e simplesmente malcriado, grosseiro, mesmo.. Uma resposta à altura até pode ser aproveitada pelo tal Dioguinho para crescer e procurar ser alguém….

  • A tua sorte é estares a coberto na capital do império, mas enquanto vomitas dos teus reles figados ódio ao FCP nós daqui da sempre mui nobre, invicta e leal cidade do Porto e graças a Deus longe de ti sempre te informamos que a grandeza dos 3 grandes ve se pelos totais de títulos oficiais. Para que conste SLB 82 FCP 80 e o teu SCP 53 se vencer a taca e a supertaça ficamos em primeiro com 82 titulos oficiais e o teu só 53. DOI PARA CARAGO

  • Este só mostrou sua vocação no programa da SIC.
    Para comentar futebol tem uma lente de duas cores verde e vermelho

  • Rui Santos, este sim, o verdadeiro cartilheiro! Nem uma resposta inteligente ele é capaz de dar digna do valor acrescentado!

  • Dizer que Rui Santos tem “lentes de cor vermelha” só pode ser piada ou completa ignorância! Ele é um sportinguista e anti benfiquista de provas dadas, portanto essa afirmação não cola, ok!?

  • Não dou canal a esse senhor
    Vomita ódio e é um vendedor do valor acrescentado
    Por mim este canal com este “esperto” do desporto lá estiver não contem comigo
    FAÇO UM APELO
    Mudem de canal com este “senhor” das trevas

  • O Sr Rui Santos devia “pregar” para outra freguesia
    Por favor talvez seja melhor comentador da pesca desportiva
    CNN se não querem perde audiência no canal do desporto coloquem o Sr Rui Santos a fazer inquéritos valor acrescentado que ai o homem é bom
    A propósito este Sr Rui Santos tirou a carta de jornalista numa Universidade sem luz e a noite – foi o que me comentaram.
    Tantas barbaridades que até doem

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!