NacionalVídeos

Comunicado do Benfica em resposta a declarações polémicas de Jesus no Brasil – ÚLTIMA HORA

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa

O Benfica emitiu um comunicado como forma de responder às recentes declarações de Jorge Jesus no Brasil, em que deu conta de que os encarnados pediram ao treinador para que não deixasse o clube em dezembro.

Veja também: Jesus fala da saída do Benfica, dispara em todas as direções e arrasa Pizzi

O Sport Lisboa e Benfica esclarece que em nenhum momento Jorge Jesus solicitou que o deixassem sair do Clube ou se mostrou disponível para abdicar das remunerações a que teria direito até ao final da temporada.

... -

Mais se enfatiza, de novo, que as duas partes entenderam que a rescisão por mútuo acordo era a melhor solução na defesa dos interesses do Sport Lisboa e Benfica, ficando igualmente acordado que a contratação de Jorge Jesus por parte de um novo clube implicaria a cessação de todas as obrigações contratuais que ligam as partes até ao final da atual época desportiva“, pode ler-se.

Veja também: “O Bayern de Munique e equipas inglesas queriam-me mas eu optei pelo Benfica”

Veja abaixo as declarações de Jorge Jesus proferidas a um programa brasileiro.

Sou eu que peço para sair, não sei se isso é público. Tive um problema com um jogador, em nem estava no jogo que eu estava castigado contra o FC Porto. No final do jogo, houve um jogador que fez alguns comentários no balneário a um dos meus adjuntos e eu juntei tudo o que se estava a passar porque os jogadores, para mim, eu tinha uma boa relação e um bom ambiente com a equipa do Benfica. E, para mim, todas estas questões com o presidente, a assobiarem quando ganhávamos, o Flamengo, aquele momento ali… eu disse: ‘Não, chegou’. Treinei um dia, vim-me embora. A gente joga no dia 23, no 24 eu dou folga que é véspera de Natal, 25 é Natal, 26 eu estou de folga e treino no 27. E isto foi antes do jogo com o FC Porto. Eram 23:30 e liguei para o presidente e disse: ‘Presidente, quero falar consigo’. E ele disse-me: ‘Diz lá, Jorge. Há algum problema?’. Eu falava muito com ele. ‘Não quero ser mais treinador do Benfica.’ E ele disse: ‘O quê?’. ‘Juro-te, não quero ser mais treinador do Benfica‘”, afirmou.

Veja também: Jesus fala da saída do Benfica, dispara em todas as direções e arrasa Pizzi

Veja o vídeo abaixo.

Deixe um comentário