Nacional

Rui Costa arrasa : ‘Como adepto não queria mais Enzo no Benfica’

Rui Costa, administrador da SAD do Benfica

Na grande entrevista que concedeu à BTV, Rui Costa não poupou nas críticas na hora de se pronunciar sobre a saída de Enzo Fernández para o Chelsea.

Veja também: A dura reação do plantel do Benfica à saída de Enzo Fernández

O presidente do Benfica começou por dizer que tudo fez para que o argentino continuasse no clube.

-

Tudo foi feito para que essa venda não se efetuasse. Estou triste por ele ter saído mas de consciência tranquilo e que fiz o melhor para o Benfica. Procurámos não vendê-lo a meio do ano. Mas ele mostrou vontade em não ficar“, começou por dizer.

Rui Costa diz que Enzo sempre se mostrou disponível para sair, sempre que o Chelsea fazia aproximações.

O valor da cláusula é a verba que está na cláusula mas que significa o acordo entre clube e jogador que permite ao jogador decidir se quer continuar ou não. Desde o principio que tememos esse valor, que algum clube, neste caso o Chelsea, trouxesse o valor da clausula. Voltou a dois dias e meio do final do mercado. Desde o princípio tememos que alguém trouxesse o valor da cláusula. Sempre que o Chelsea se aproximou, ele demonstrou que não queria ficar. O aumento salarial foi falado, a proposta foi feita. Metade da proposta do Chelsea era inviável para nós”, afirmou.

Veja também: Rui Costa arrasado após venda de Enzo: ‘Sentimo-nos enganados’

O líder das águias não tem dúvidas de que o internacional argentino teria mais ofertas, caso tivesse continuado no clube até ao final da época.

“Tentámos explicar junto dele, é um jogador extraordinário. Se iria perder valor no Benfica até final da temporada? De todo. Iriam aparecer muitos Chelseas. Não tenho a menor dívida. Mas também compreendo que jogador queira resolver de imediato, com medo de perder uma proposta que consideraria enorme”, referiu.

Rui Costa revela ainda a mudança de postura de Enzo, mesmo depois da proposta que apresentou para continuar no clube até ao final da temporada.

“Nunca conseguimos chegar a ele para convencê-lo. Sempre que o Chelsea se aproximava do valor da cláusula, praticamente não houve chance de alterar a cabeça dele. Foi muito incisivo a querer sair do Benfica. Foi intransigente. Respeito a decisão dele, ainda assim. Mostrámos-lhe todas as possibilidades mas ele nunca mostrou abertura para continuar. Criámos a solução de ele ficar até ao final sem perder um tostão. À hora do almoço de dia 31, meto em cima da mesa a proposta de o Chelsea comprar já e levá-lo apenas no verão. Mesmo assim ele mostrou-se negativo a ficar. Aqui a coisa muda. Respeito o receio de perder um grande contrato, outra é ele não perder um euro e não querer ficar. E é aqui que eu mudo. Não mostrou compromisso com o Benfica. Aqui pensei que ele não poderia jogar mais no Benfica. Eu como adepto não queria mais este jogador, como gestão também não era solução e não poderia entrar mais no balneário. Não é bater no peito quando interessa. Foi ali que tomei a decisão de vender. Perdemos um grande jogador mas não vou chorar por um jogador que não quer representar o Benfica. Não chorem por jogadores que não querem estar cá. Fui criado neste clube a indicarem-me a honrar a camisola, caso contrário onde fica a frase “só queremos jogadores que honrem a camisola”, disse

Veja também: As ameaças de Enzo ao Benfica antes de rumar ao Chelsea

Por último, o presidente do Benfica deixou um aviso à formação.

“O Enzo foi bem tratado por todos desde que chegou até sair. Tive a esperança de que desse prazer ao Enzo lutar pelo título. Quando ficou muito claro que ele não estava comprometido, não quero que vista mais a camisola do Benfica. Queremos uma equipa com compromisso com os adeptos. Apesar dos jogadores saberem do que se estava a passar, em Arouca, deram tudo. É esse compromisso que eu quero em todos os campos. Perdemos um grande jogador, sim, mas não vamos ficar a chorar por um jogador que não quer estar no Benfica. O nosso caminho é para a frente não para trás. Fui criado neste clube a ensinarem-me a honrar a camisola do Benfica. Respeito o Enzo, mas a escolha dele foi não ficar. Só queremos jogadores que queiram respeitar o Benfica. Aqui só estarão jogadores, vale também para a formação, só estão jogadores que têm orgulho em representar a camisola do Benfica“, concluiu.

Deixe um comentário