Internacional

Ronaldo violou o protocolo em Itália? A resposta do ministro italiano

Cristiano Ronaldo ao falhar uma boa oportunidade pela Juventus

Cristiano Ronaldo encontra-se em isolamento na sua casa em Turim, depois de ter contraído a Covid-19, ao serviço da Seleção Nacional.

Veja também: Ronaldo deixou Juventus “furioso” antes de servir Portugal

Por este motivo em Itália questiona-se se de facto Ronaldo não terá violado o protocolo daquele país no que diz respeito à pandemia. A resposta veio de uma das altas figuras do estado transalpino.

Sim, penso que sim, se não tiver existido uma autorização específica das autoridades sanitárias“, atirou Vincenzo Spadafora, ministro italiano da saúde, em declarações citadas pelo jornal La Stampa.

Recorde-se que na 4ª feira Graça Freitas, Diretora-Geral de Saúde, garantiu que Ronaldo não foi alvo de qualquer exceção, regressando a Itália sem problemas.

“Aplicou-se a Ronaldo o que se aplica a qualquer jogador. Já houve dois casos que regressaram a França onde tinham domicílio [José Fonte e Anthony Lopes], agora este jogador regressa a Itália, onde tem domicílio. O transporte em condições de segurança fica a cargo da pessoa doente, depois de avaliado por autoridade de saúde. Tem, por exemplo, de assinar uma declaração em como tem compromisso de que vai cumprir o confinamento – é um termo de responsabilidade”, explicou.

Veja também: “FC Porto foi um erro?” A resposta clara de Zé Luís

Deixe uma resposta