Segunda-feira, Novembro 30, 2020
Internacional

Presidente da Juventus fala sobre o polémico caso de Covid de Ronaldo

Cristiano Ronaldo na partida da Juventus com o Lyon

Andrea Agnelli, presidente da Juventus, pronunciou-se sobre a polémica em torno de Cristiano Ronaldo e que tanto está a dar que falar em Itália. Recorde-se que o astro português foi acusado de violar o protocolo das autoridades italianas para a Covid-19, aquando da sua ida para Portugal para representar a Seleção.

No entanto o presidente dos bianconeri, procurou demarcar o clube de qualquer responsabilidade.

Ronaldo tem de ligar para o Ministério da Saúde e do Interior e pedir que lhe expliquem o que violou. Para a Juventus, aplico o protocolo federal. Sou gerente desportivo. Se querem saber se ele violou uma lei estatal, perguntem ao Ministro. Eu não posso dar autorizações sanitárias, têm de ser pedidas a outros”, afirmou em conferência de imprensa, após a apresentação dos resultados financeiros do clube.

Veja também: “FC Porto foi um erro?” A resposta clara de Zé Luís

Gostaria apenas de vos lembrar que quando os jogadores regressam a casa são cidadãos livres e que, se as seleções os convocam, eles fazem questão de responder à convocatória. A saúde é a prioridade neste momento tão complexo. Acredito que o protocolo, quando aplicado corretamente, é suficiente para nos permitir terminar a época sem percalços e sem rever os formatos de competição”, acrescentou.

Recorde-se que Ronaldo encontra-se a cumprir um período de isolamento, depois de ter acusado positivo à Covid-19, durante o estágio da Seleção.

Veja também: Italianos voltam a pôr Ronaldo fora da Juventus numa saída milionária

Deixe uma resposta