Nacional

“Ronaldo? Usou-se o jogador da Coreia para escamotear outras coisas…”

Cristiano Ronaldo e Fernando Santos no Portugal-Suíça do Mundial 2022

Paulo Bento pronunciou-se sobre a polémica em torno da insatisfação que Cristiano Ronaldo evidenciou perante a decisão de Fernando Santos o substituir no Coreia do Sul-Portugal no Mundial. Na altura, CR7 veio a público defender que as palavras que proferiu não foram para o então selecionador nacional, mas sim para um jogador sul-coreano.

Veja também: Rui Pedro Braz negoceia Schjelderup para o ataque do Benfica (VÍDEO)

Para o antigo selecionador dos sul-coreanos, foi uma forma pouco ética e desagradável de justificar o sucedido.

“Na bancada, em relação ao meu jogador, não me apercebi de absolutamente nada. Sei que lhe disse [a Cristiano Ronaldo] alguma coisa no momento da saída, mas tudo o que se fez à volta disso… Usou-se, de alguma maneira, o jogador da Coreia do Sul para escamotear outras coisas e isso não é agradável. Não tenho nada a ver com o que se passou, mas não é honesto justificarmos com os outros as nossas ações. Isso não me parece ético, correto nem bonito“, afirmou.

Olhando para a Seleção Nacional, Paulo Bento considera que já não existe uma dependência em relação a Ronaldo. Ainda assim defende que o astro português ainda é importante para a equipa das quinas.

“Há algo que me parece evidente: hoje, a seleção não depende tanto de Ronaldo como dependia há uns anos. Isso qualquer pessoa que esteja por dentro do futebol terá essa capacidade de análise. Do ponto de vista do talento, foi o melhor jogador que treinei. Nada retira o que representa para o futebol português e para o país, mas tudo tem o seu fim e compete a cada um como quer acabar e quando“, concluiu.

Veja também: Quem é Ricardo Regufe, o inseparável melhor amigo de Ronaldo?

Deixe uma resposta