InternacionalVídeos

Ronaldo arrasa United: “As pessoas não querem ver ou são cegas”

Cristiano Ronaldo celebra golo ao Everton pelo Manchester United

Em entrevista concedida a Piers Morgan, Cristiano Ronaldo teceu duras críticas ao Manchester United. O astro português aponta para o facto de o clube ter parado no tempo, não apresentando uma evolução ao nível tecnológico e de infraestruturas.

Veja também: Ronaldo parte a loiça toda: “Man. United traiu-me e não respeito Ten Hag”

Um fator que o surpreendeu bastante aquando do seu regresso. Outra questão que deixou Ronaldo surpreendido foi a aposta em Ralf Rangnick para treinar um clube tão grande como o United.

Tal como Picasso uma vez disse: ‘É preciso destruir para reconstruir’ e se eles querem começar comigo, para mim não há qualquer problema. Amo o Manchester United, os adeptos, que estiveram sempre do meu lado. Mas se eles querem algo de diferente… têm de mudar muitas, muitas coisas. Sir Alex sabe melhor do que ninguém que o clube não está no caminho que deveria estar. Ele sabe. Toda a gente sabe. As pessoas que não conseguem ver isso… é porque provavelmente não querem ver ou são cegas“, começou por dizer.

Veja também: Ten Hag explica por que “Ronaldo é sempre um grande problema”

Não sei o que se está a passar, mas desde que o Sir Alex Ferguson deixou o clube que não vejo qualquer tipo de evolução no clube, a progressão foi zero. Por exemplo, como é que um clube como o Manchester United teve de demitir Ole [Solskjaer] e depois trazem um diretor desportivo, o Ralf Rangnick, algo que ninguém consegue compreender. Este senhor nem sequer é treinador. Um grande clube como o Manchester United traz um diretor desportivo surpreende-me, não só a mim como toda a gente. Nada mudou, a piscina, o jacuzzi… até o ginásio. Em termos tecnológicos, na cozinha, até o ‘chefs’, que são pessoas que eu realmente gosto e aprecio. Pararam no tempo e a mim isso surpreende-me. Isso tudo apanhou-me de surpresa porque eu esperava ver coisas diferentes, tal como já disse, em termos de infraestruturas, tecnológicos… mas infelizmente continuo a ver coisas que eu já via quando tinha 23, 24 anos”, acrescentou.

Veja também: Renato Sanches marca pelo PSG mas ficou com cara de poucos amigos (VÍDEO)

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!