Nacional

Roger Schmidt: ‘O Benfica merece o título mas…’

Roger Schmidt em conferência de imprensa de antevisão do Benfica

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Santa Clara, Roger Schmidt espera um equipa que vai à Luz sem nada a perder.

Acho o Santa Clara não tem nada a perder. Basta ver e analisar os últimos jogos que fizeram, não jogam como uma equipa despromovida. Têm jogado bom futebol, jogam com intensidade, são rápidos. Estou à espera de um adversário que joga sem pressão perante um estádio cheio. Espero um bom jogo e estamos preparados, sabemos qual a nossa situação. Foi uma longa viagem até chegarmos aqui e amanhã é a última jornada, sabemos que se vencermos somos campeões. Demonstrámos toda a temporada uma boa atitude, os jogadores empenharam-se nesta temporada e estou certo de que amanhã estarão completamente concentrados. É essa a tarefa que temos pela frente, a decisão toma-se no campo. Queremos jogar um bom jogo, intenso, marcar golos e vencer o jogo. Neste momento é só nisso que estamos concentrados, nada mais importa”, afirmou.

Veja também: Aníbal Pinto e António Salvador pegados em direto: ‘Não te admito’ (Vídeo)

-

O jogo ficará marcado pelo provável regresso de Alexander Bah, o que levou o técnico encarnado a ser questionado sobre em que posição Aursnes deverá jogar.

“Está à espera do onze na conferência de imprensa… O Bah teve um impacto importante no domingo e está de volta de lesão. Aursnes é muito importante para nós, é um jogador muito flexível e posso utilizá-lo em várias posições. Já jogou atrás, no meio-campo, como segundo ponta-de-lança… Demonstrou sempre muita qualidade e a sua personalidade extraordinária de aceitar e dar sempre o seu melhor independentemente da posição onde joga. Temos várias opções. No domingo fez um jogo fantástico no meio-campo, não só pelo golo mas por ter estado envolvido em jogadas perigosas. É muito bom contar com quase todos os jogadores. Infelizmente Guedes tem um problema, já tinha sido operado e teve muito impacto quando entrou no domingo, mudou o jogo. Estamos todos muito tristes com a sua lesão mas é mais uma razão para amanhã fazermos um bom jogo“, referiu.

Veja também: O duro recado de António Melo a Rui Costa: ‘É uma facada ao Benfica’

Schmidt recordou ainda o derbi com o Sporting.

Acho que fizemos um grande jogo contra o Sporting. Na primeira parte o Sporting foi melhor, marcou dois golos, mas na segunda parte voltámos a entrar em jogo, dominámos, controlámos, mostrámos confiança e futebol de ataque. Conseguimos manter a bola no meio-campo adversário. Não foi uma lição, foi futebol. Temos de estar preparados para cada jogo, começar do zero e respeitar a qualidade do adversário. Somos o Benfica e jogamos sempre para vencer. Temos de trabalhar no duro para cada ponto. Já tivemos 10 pontos de vantagem, também porque tínhamos vencido quase todos os jogos. Há uma altura em que temos mais vantagem, mas a temporada é uma maratona e a situação é muito clara: fizemos muitos pontos esta temporada e agora temos o último jogo para vencer. Cada jogo representava uma tarefa. No domingo passado a tarefa foi recuperar e foi um empate muito importante porque é diferente perder ou empatar [com o Santa Clara]. Foi um bom dia para nós”, disse.

Veja também: Benfica vai avançar pelo ex-FC Porto André Silva? Eis a resposta

Questionado sobre se o Benfica era a melhor equipa a jogar este ano, o treinador das águias recusou fazer tal avaliação.

Essa é uma avaliação que não me compete a mim. Penso que merecemos o título, mas isto não é por merecer que se vence, é preciso conquistá-lo. No fim da temporada, a equipa que está em 1.º lugar merece sempre o título“, concluiu.

Deixe um comentário