Nacional

Roger Schmidt Define Duplo Papel para Morato no Benfica

Morato, central brasileiro do Benfica.

O técnico do Benfica, Roger Schmidt, parece ter planos específicos para Morato, o defesa brasileiro, numa estratégia que reflete a versatilidade e a confiança depositada no jogador. Com a recente contratação de Álvaro Carreras para o corredor esquerdo da defesa e a saída de David Jurásek por empréstimo, Morato surge como uma peça chave no xadrez tático das águias.

Veja também: Técnico português apontado como sucessor de Xavi no Barcelona

Segundo informações do jornal A Bola, Morato, que tradicionalmente atua no eixo central da defesa, tem sido adaptado ao corredor esquerdo, uma mudança que parece ganhar continuidade, pelo menos a curto prazo. O defesa brasileiro é visto como a solução imediata para a vaga deixada por Grimaldo, especialmente no próximo confronto contra o Estrela da Amadora. Este ajuste tático permite ao Benfica manter a estabilidade defensiva enquanto Álvaro Carreras se adapta ao ritmo da equipa.

Além de assumir um papel crucial na lateral-esquerda, Roger Schmidt pretende que Morato desempenhe também uma função importante no centro da defesa. Esta “dupla missão” atribuída ao jogador evidencia a sua importância no plantel e a confiança do treinador na sua capacidade de adaptação e rendimento em diferentes posições. Esta polivalência será particularmente relevante se António Silva ou Nicolás Otamendi deixarem o clube no final da temporada.

Veja também: A farpa de Nuno Dias ao Benfica ao voltar a comentar polémica de Taynan

Morato já demonstrou o seu valor esta época, com duas assistências em 23 jogos, superando o número de partidas que disputou na temporada passada. O seu desempenho é um sinal claro da sua evolução e da crescente influência na equipa.

A aposta de Roger Schmidt em Morato reflete uma tendência moderna no futebol de valorizar jogadores capazes de desempenhar múltiplas funções táticas. Para o Benfica, a versatilidade de Morato representa não só uma solução imediata para desafios específicos, mas também um investimento a longo prazo na construção de uma defesa sólida e adaptável.

À medida que a temporada avança, será interessante observar como Morato se adapta a estas novas responsabilidades e qual o impacto da sua performance no desempenho geral da equipa do Benfica.

Veja também: Sucessor de Jurgen Klopp no Liverpool pode ser português

O Adeptos de Bancada já está no YouTube com vídeos imperdíveis! Vai ficar de fora? Junte-se ao nosso 11 e subscreva o nosso canal aqui!

Deixe um comentário