Nacional

Pinto da Costa deixa 8 mil euros em caixa no FC Porto… para pagar 15M€

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto

Segundo adianta o Correio da Manhã, a situação financeira do FC Porto que André Villas-Boas herdou parece ser bem mais caótica do que se esperava. De acordo com a mesma publicação, há uma gritante falta de verbas para fazer face às dívidas a pagar.

Veja também: Adeus ao FC Porto? Conceição deixa resposta emotiva após a Taça

Fonte próxima do processo informou o jornal que o clube dispunha apenas de oito mil euros para pagar 15 milhões de euros relativos a encargos do mês de maio. Uma situação que a administração liderada por Villas-Boas já se comprometeu a resolver até ao próximo dia 7 de junho.

-

A renúncia tardia da SAD por parte da administração liderada por Pinto da Costa atrasou a resolução destes problemas, assim como a planificação da próxima temporada.

Ainda assim, Villas-Boas está determinado em cumprir o que havia prometido na campanha eleitoral e passar a pente fino as contas do FC Porto. O novo presidente dos dragões pretende fazer uma auditoria forense às contas da SAD.

Veja também: Francisco Conceição reage a polémica entre o pai e Vítor Bruno

De resto, Villas-Boas tem-se desdobrado de forma a conseguir que o FC Porto consiga cumprir com os seus compromissos. Recorde-se que o líder azul e branco pagou do próprio bolso o prémio relativo a um jogo da Liga dos Campeões e ainda teve intervenção direta para desbloquear três milhões de euros junto de financiadores para pagar aos jogadores os salários do mês de abril.

O Adeptos de Bancada já está no YouTube com vídeos imperdíveis! Vai ficar de fora? Junte-se ao nosso 11 e subscreva o nosso canal aqui!

Deixe um comentário