Nacional

O gigante europeu que pode levar Roger Schmidt do Benfica

Roger Schmidt, treinador do Benfica, entra no Estádio da Luz

O mercado de transferências do futebol europeu promete agitar-se com notícias vindas da Alemanha, colocando Roger Schmidt, atual treinador do Benfica, no radar do gigante Bayern Munique. Este interesse surge em um momento de transição para o clube bávaro, que se prepara para a saída de Thomas Tuchel e procura reinventar-se após uma temporada de desafios.

Veja também: Schmidt de saída do Benfica após os 5-0? Rui Costa já decidiu

Diversos jornais alemães destacam as semelhanças entre a filosofia de jogo de Schmidt e a de Hansi Flick, ex-treinador do Bayern, apontando para uma possível volta do técnico ao seu país natal. A apreciação pelo trabalho de Schmidt não é nova, mas ganha especial relevância à luz das recentes mudanças na estrutura técnica do Bayern Munique, particularmente com a chegada de Christoph Freund, ex-RB Salzburg, como diretor-desportivo.

... -

A ligação de Schmidt ao RB Salzburg, onde conquistou um campeonato e uma Taça da Áustria durante as temporadas de 2012/13 e 2013/14, é vista como um trunfo importante. A sua capacidade de desenvolver jovens talentos, evidenciada não só em Salzburgo, mas também em passagens por Paderborn, Leverkusen e, mais recentemente, no Benfica, é particularmente valorizada. Jogadores como Enzo Fernández e Gonçalo Ramos são frequentemente citados como exemplos do impacto positivo de Schmidt na carreira de jovens atletas.

Veja também: Madureira avança com pedido para sair da prisão e juiza já decidiu

O estilo de jogo de Schmidt, caracterizado por uma abordagem ofensiva, pressão alta e um foco intenso na contra-pressão, é comparado ao de Flick e sugere uma possível sinergia com o ADN do Bayern Munique. Esta filosofia, que aposta na força atlética e no risco calculado, poderia revitalizar alguns dos jogadores atualmente sob crítica no plantel bávaro.

A potencial chegada de Schmidt ao Bayern Munique representaria não apenas um regresso às raízes para o técnico alemão, mas também um sinal claro da direção que o clube pretende tomar nos próximos anos. Com um perfil de liderança focado no desenvolvimento de talentos e uma abordagem tática arrojada, Roger Schmidt surge como uma opção atraente para comandar o futuro do clube mais laureado da Alemanha.

Veja também: Villas-Boas responde a boca de Pinto da Costa sobre os 5-0 ao Benfica

Este interesse do Bayern em Schmidt reforça a ideia de que o futebol moderno valoriza treinadores capazes de combinar táticas inovadoras com o desenvolvimento de jogadores. A confirmar-se, esta mudança poderá ser um dos movimentos mais significativos do próximo mercado de transferências, com impacto não só na Bundesliga, mas em toda a paisagem do futebol europeu.

O Adeptos de Bancada já está no YouTube com vídeos imperdíveis! Vai ficar de fora? Junte-se ao nosso 11 e subscreva o nosso canal aqui!

Deixe um comentário