Nacional

Lage recorda aposta que Félix ganhou e acabou a gozar com o técnico

João Félix recebe indicações de Bruno Lage nos tempos do Benfica

Na entrevista que concedeu ao diário desportivo espanhol As, Bruno Lage deu a conhecer os primeiros passos de João Félix no Benfica.

Não conhecia o João Félix. Nunca o tinha visto jogar, mas já tinha ouvido falar dele. Disseram que ele era um menino com um enorme talento. Já tinha idade para jogar na equipa B, mas já começava a jogar na equipa principal. Comecei então a assistir aos primeiros jogos da equipa principal porque era o técnico da equipa B.

Três meses antes de chegar ao banco equipa principal, num derbi frente ao Sporting, o João entrou e fez um grande golo de cabeça. Foi um cruzamento da direita e ele acertou em cheio. Isso ficou na minha cabeça.

Foi um golo que levantou os adeptos no estádio. Ele também me fez levantar, pela qualidade do golo e pela altura que atingiu. Eu tenho isso gravado na minha memória“, afirmou.

Veja também: Fernando Madureira envolvido em combates de rua (VÍDEO)

Assim que assumiu a equipa do Benfica após a saída de Rui Vitória, Lage apostou de imediato em Félix.

“Três meses depois desse jogo, assumi o banco do Benfica. A minha ideia era colocar o miúdo para jogar e dar-lhe continuidade para saber o que ele poderia dar à equipa. Acreditei que a minha passagem pelo Benfica deveria dar tranquilidade à equipa e também continuidade nos trabalhos da formação”, referiu.

O papel de Félix na conquista do título e a curiosa aposta

O ex-técnico das águias realça a importância de Félix na conquista do título desse ano.

“Foi todo um conjunto de situações. Descobri um jogador extremamente talentoso e, depois de conhecê-lo, senti que deveria dar-lhe uma oportunidade e fazê-lo jogar uma série de jogos para ver se tinha um nível. Toda a gente sabe o que aconteceu. O equipa reencontrou-se com o seu jogo e com os adeptos. Fizemos história com uma segunda volta fantástica, graças aos golos e assistências de João Félix, e também ao seu talento“, recordou.

Veja também: Georgina revela detalhes da intimidade com Ronaldo: “É uma bomba”

Contudo nem tudo foi um mar de rosas para o internacional português no Benfica. Félix atravessou uma fase difícil no Benfica. Contudo conseguiu ultrapassar esse momento e Lage recorda essa história curiosa.

“Sim, lembro-me de uma história engraçada. Ele teve dois ou três meses fantásticos, mas de repente ele estava dois ou três jogos sem marcar. A imprensa começou a criticá-lo fortemente. Ele era apenas um miúdo de 18 anos.

Quando vi que a pressão começava a afetá-lo, chamei-o ao meu gabinete na manhã do jogo e disse: “Quero que te divirtas, mostres tudo o que sabes e faças 10 golos até o final da temporada“.

Vencemos o Eintracht Frankfurt por 4-2 e ele marcou três golos. Depois do jogo ele passou por mim e disse brincando: “Só me restam sete“, concluiu.

Veja também: Barcelona provoca Ronaldo após vitória em Turim e a Juventus respondeu

Deixe uma resposta