NacionalVídeos

Jesus: “Maradona tinha grande paixão pelo jogo, Messi… não tem nada”

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em conferência de imprensa

Na conferência de imprensa de antevisão ao MarítimoBenfica, Jorge Jesus pronunciou-se sobre as mortes que marcaram o futebol português e mundial esta semana: Reinaldo Teles, Diego Armando Maradona, José Bastos e Vítor Oliveira.

Veja também: A insólita tirada de José Calado sobre a morte de Maradona que já é viral

O técnico do Benfica aproveitou para estender as suas condolências às famílias do dirigente portista e do histórico treinador.

“Infelizmente, houve o desaparecimento de pessoas que foram minhas amigas e também profissionalmente falando, no caso do Vítor [Oliveira], um choque e uma surpresa muito grande, ainda era um jovem. As minhas condolências para a família dele, a minha homenagem a ele e um sentir profundo. O Reinaldo Teles era um amigo meu, de casa dele, ao longo dos meus anos enquanto treinador no Norte do país. Foi uma semana complicada, mais para uns do que para outros. E também uma figura do Benfica [José Bastos], que os mais antigos conhecem, uma lenda que desapareceu. Isto faz parte do que é a nossa vida, não estamos preparados para perder as pessoas de quem gostamos. Ficámos mais surpreendidos com a perda do Vítor, não esperávamos“, afirmou.

Veja também: FC Porto regista caso de Covid-19 – ÚLTIMA HORA

Depois estendeu as suas palavras a Maradona, fazendo uma comparação curiosa com Lionel Messi. Jesus considera que o jogador do Barcelona não tem a mesma paixão que Maradona ou Cristiano Ronaldo.

“E depois o maior. Na minha opinião, o maior jogador da história, com o Pelé. Pelé ainda está cá, está vivo. Maradona era o maior, não só por aquilo que era como génio e jogador, mas pela forma como demonstrava. Para mim isso é que fez a diferença. Era de top mundial, mas tinha paixão pelo jogo, nasceu para ser jogador de futebol, nasceu com tudo, não é um produto trabalhado, já nasceu assim. O amor, todo o sentimento que tinha com a bola… Hoje em dia, entre os dois melhores do Mundo, o Ronaldo tem um pouqinho disso, o Messi não tem nada. Não tem nada… de paixão. De grande jogador tem”, atirou Jesus, prosseguindo com um esclarecimento.

Veja também: Cavani e Bruno Fernandes determinantes na reviravolta do Man. United (VÍDEO)

“Atenção, para não interpretarem mal. Quanto ao Messi, estamos a falar daquilo que é a vida e o sentimento, de ter paixão pelo jogo e pelo futebol. Penso que Maradona até nisso era destacado em relação aos outros“, rematou Jorge Jesus.

Veja o vídeo abaixo.

1 comentário

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!