Nacional

Empresário quer comissão milionária ao Benfica para renovar com pérolas

Jogadores do Benfica festejam golo de Darwin na vitória sobre o Barcelona

Segundo adianta o diário desportivo Record, o Benfica está com dificuldades para renovar com três pérolas da formação.

São eles Martim Neto, Rafael Luís e João Veloso, jogadores em quem os responsáveis encarnados depositam muitas esperanças. Contudo o problema para acertar a renovação é o empresário Miguel Pinho, que exige um total de dois milhões de euros (800 mil euros Martim Neto e 600 mil por Rafael Luís e João Veloso ) em comissões para ultrapassar o impasse.

Veja também: “Apanhar o Bayern?” Amorim reage e provoca gargalhada geral (Vídeo)

De acordo com a mesma publicação, os valores exigidos pelo empresário surgiram de um acordo verbal celebrado com Luís Filipe Vieira e que apanhou de surpresa a atual direção encarnada. Aliás este tipo de acordos com Miguel eram bastante habituais durante a vigência de Vieira, com o Record a referir que o bolo total ascende vários milhões de euros.

Miguel Pinho, proprietário da MRP Positionumber, representa 50 futebolistas do Benfica, maioritariamente da formação, pelos quais já encaixou verbas consideráveis para garantir a sua continuidade no clube. Os valores praticados são considerados pela direção liderada por Rui Costa como injustificados, tendo em conta que os jovens ainda nem sequer chegaram à equipa principal.

Veja também: Cantora norte-americana faz pedido de Natal a Ronaldo e o craque reagiu

Acresce-se ainda o facto de os jogadores menores de 18 anos só podem assinar contrato válido por três épocas, conforme referem as regras da FIFA.

O Record revela também dados da FPF relativas a comissões de intermediários e, entre 1 de abril de 2017 e 31 de março de 2021, a empresa de Miguel Pinho esteve envolvida em negócios com o Benfica por 20 ocasiões, a maioria dos pagamentos eram relativos às renovações e novos vínculos com jovens. Só esteve envolvido na transferência de Pedro Pereira para o Génova em janeiro de 2018. Nenhuma outra empresa se aproxima sequer dos números da MRP Positionumber a nível nacional.

Veja também: Jesus orgulhoso de Conceição e Amorim: “Alguma coisa de mim ficou neles”

De resto o Benfica é campeão das comissões, tendo gasto 94 milhões de euros no pagamento de intermediações, ou seja, mais de 36 por cento do valor total despendido pelos clubes portugueses.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!