Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/plugins/newsmax-core/includes/core.php on line 212

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/plugins/newsmax-core/includes/core.php on line 212

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/plugins/newsmax-core/includes/core.php on line 212

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/plugins/newsmax-core/includes/core.php on line 212

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/plugins/newsmax-core/includes/core.php on line 212
NacionalVídeos

Duarte Gomes analista a arbitragem do FC Porto-Marítimo (VÍDEO)

Duarte Gomes procedeu à análise do trabalho do árbitro Rui Costa, na condução do FC Porto-Marítimo.

Duarte Gomes reconhece que as várias repetições demonstram que uma parte milimétrica da bola que não ultrapassou a linha de baliza. Realça que era uma decisão muito difícil, mas acertada.

Veja também: FC Porto arrasa antijogo do Marítimo e visa ilegalidade no penalti de Alex Telles

Depois o lance do penalti, o antigo árbitro considera que foi mal assinalado, referindo que é Marega que pontapeia o defesa do Marítimo e não o contrário. Contudo Duarte Gomes chama a atenção para a dificuldade deste lance, dada a rapidez de execução.

Ainda assim o comentador refere também que houve uma ilegalidade cometida por Amir durante a cobrança do penalti por parte de Alex Telles. Duarte Gomes refere que o guardião iraniano não tem os dois pés em cima da linha de baliza, como mandam as regras.

Veja também: Dois anos depois deixa FC Porto sem fazer um único jogo oficial

Veja a análise deste e de outros lances no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta


Notice: Trying to get property 'guid' of non-object in /home/adeptosdebancada/public_html/wp-content/themes/newsmax-child/single.php on line 16