Nacional

Conceição reage ao penalti sobre Francisco e critica relvado do Marítimo

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto

Na flash interview que se seguiu ao Marítimo-FC Porto, Sérgio Conceição abordou o lance nos instantes finais em que Francisco Conceição se queixou de um penalti por marcar.

Veja também: Ronaldo vê golo anulado aos 90+4′ e Juventus empata em Udine (VÍDEO)

O técnico dos dragões considera que o árbitro João Pinheiro deveria ter analisado o lance no visor.

-

Ainda não vi o lance, aquilo que pareceu que é um lance que gera alguma dúvida e havendo dúvida, no mínimo, tem que se verificar. Pareceu-me penálti do banco. Aquilo que o Francisco disse mesmo é que se deveria verificar“, afirmou.

Conceição considera que a equipa fez uma exibição competente, mas não deixou de criticar o relvado do Estádio dos Barreiros.

Fizemos no global um jogo muito competente. Primeira parte avassaladora, o Marítimo não chegou ao nosso terço defensivo, com qualidade na posse e na reação à perda. Criámos situações para ir para o intervalo a ganhar por dois ou três. Não me querendo desculpar, porque não faz parte, mas este relvado é inacreditável, penso que é público as fotos do relvado. Nós temos de encontrar espaços, desequilíbrios, é óbvio que a equipa que luta pelo pontinho fica em vantagem. Uma equipa que tem um relvado destes não está minimamente preocupada com a evolução do futebol português. E mesmo assim criámos situações. Essa pouca definição tem a ver com a qualidade do relvado. De qualquer das formas, é um jogo cruel. Mas fizemos um bom jogo, e eu não sou de elogiar mesmo quando ganhamos”, analisou.

Veja também: Ronaldo pediu para começar o Udinese-Juventus no banco

O treinador dos azuis e brancos explicou ainda a opção de jogar com Iván Marcano na lateral esquerda.

Tem dado boas indicações, não é que ele treine naquela posição. Já há algumas semanas que temos trabalhado nisso, o Marcano está de parabéns, mas não teve o regresso desejado, que era com uma vitória”, referiu.

Ainda assim Conceição não se mostrou preocupado com esta escorregadela.

Estaria preocupado se a equipa não estivesse consistente como está. Vamos dar muita luta. Nós somos fortes e uma equipa com ADN FC Porto. Vão ter de levar connosco até ao fim“, concluiu.

Veja também: Conceição obrigado a acalmar o desespero do filho no Marítimo-FC Porto

Deixe um comentário