Nacional

Comentador do FC Porto revela: “Recebi algumas cartilhas do Benfica”

Jogadores do Benfica celebram golo na vitória sobre o Barcelona na Liga dos Campeões

No programa desportivo da CMTV, Nuno Encarnação pronunciou-se sobre a notícia que dava conta de que Carlos Janela faturava a conceção das cartilhas ao Benfica como se de trabalho de prospeção em África se tratasse.

Veja também: Treino do Atl. Madrid trouxe péssimas notícias para Félix – ÚLTIMA HORA

O comentador afeto ao FC Porto revelou ter recebido as famosas cartilhas do Benfica.


Tive acesso ao documento da cartilha várias vezes. Era um documento que seguramente demorava horas a fazer, porque eram variadíssimas páginas. Umas para atacar o FC Porto, outras para atacar o Sporting, outras para defender o Benfica. Todos nós tivemos acesso a isso. Durante anos queriam dizer-nos que não havia nenhum escritor-fantasma no Benfica, que tinha aquela missão.

Todos nós sabíamos quem era o escritor-fantasma, quem é que recebia a cartilha. Em alguns debates nós víamos quem lia as cartilhas. Quem não tinha tempo para estudar as matérias sobre o Benfica, lia e transcrevia frases. Às vezes em direto e ao mesmo tempo, em alguns programas, havia outro que fazia o mesmo. Por isso era dos segredos menos bem guardados.

Agora não percebo porque é que nas contas do Benfica, não vem o pagamento do escritor-fantasma. Foram anos e anos, que certas pessoas ligadas ao Benfica, com um trabalho que lhe era pedido. Isto não foi um trabalho inventado, era pedido por alguém da direção, com o intuito óbvio de defender o Benfica, dar a maior informação sobre o Benfica e dar pontos de ataque para os comentadores puderem atacar o FC Porto e o Sporting. Era isto que acontecia”, afirmou.

Veja também: Criança faz pedido desesperado a Ronaldo para ajudar o amigo de 8 anos

Nuno Encarnação não tem dúvidas de que as cartilhas eram feitas com a conivência da direção do Benfica.

Cheguei a receber algumas dessas cartilhas e percebia-se qual é que era a mensagem. Recebi várias. Alguém mandava fazer isto, não era um indivíduo que fazia por livre e espontânea vontade. Havia alguém no Benfica que mandava fazer isto e que alguém concordou, porque isto foi durante anos a fio, e eram pagos por esses serviços tanto quanto sabemos, por prospeções a África em vez de ser por pagamentos a escritores-fantasma. Achavam que a pessoa que escrevia as cartilhas fazia por amor ao Benfica? Não, era uma pessoa paga de certeza. Agora como é que seria paga, viemos agora saber, pelos vistos”, concluiu.

Veja também: Samaris encontra novo clube após sete épocas no Benfica – OFICIAL

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!