Nacional

Amorim pede desculpas públicas a Pote: ‘Foi o único adulto na sala’

Rúben Amorim em conferência de imprensa de antevisão a um jogo da Liga dos Campeões do Sporting

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Rio Ave, Rúben Amorim abordou a situação do penálti no jogo com o SC Braga de Pedro Gonçalves.

Veja também: Foto em mensagem de parabéns do United a Ronaldo dá que falar

O treinador do Sporting assume que ficou tão feliz com o facto de o público presente em Alvalade ter pedido para que Esgaio cobrasse a grande penalidade, que perdeu a noção do momento, pedindo desculpa a Pote.

-

O Pote foi o único adulto na sala, digamos assim. Mais do que eu querer demonstrar a minha autoridade, quero pedir desculpa, ele era o único que estava certo. Fiquei tão contente de ouvir o estádio a gritar o nome do Esgaio que me perdi… O Pote foi o único que exerceu o seu direito e responsabilidade. Às vezes sou tão emotivo, que quando ouvi gritarem Esgaio perdi a noção do momento e do jogo, exagerei. O Pote fez bem, ele é que tem de bater os penáltis, quando estiver 1-0 aos 90′, é ele que vai agarrar a bola. Quando quiser passá-la, fá-lo. Quero pedir-lhe desculpa. Nem é uma reação de ficar chateado, perdemos oportunidade de criar ligação com os adeptos. Tenho de manter a cabeça fria mas o único que está certo é ele, peço-lhe desculpa“, afirmou.

Veja também: Novo rico do futebol mundial quer levar jogador do Sporting

Deixe um comentário