InternacionalVídeos

Recital de Messi e Álvarez colocam Argentina na final do Mundial

Lionel Messi e Julian Álvares no Argentina-Croácia

A Argentina é a primeira seleção a chegar à final do Mundial 2022, ao vencer a Croácia por 3-0. Os argentinos ficam a aguardar o desfecho do França-Marrocos para saber quem será o seu adversário no jogo decisivo.

Veja também: Tensão como nunca se viu entre Ronaldo e Jorge Mendes

Lionel Messi inaugurou o marcador aos 34 minutos, através de uma grande penalidade, depois do árbitro ter considerado que Livakovic trava em falta Julian Álvarez na área. Este foi um golo especial para Messi, que ultrapassa Gabriel Batistuta como o jogador argentino com mais golos em Mundiais (11). O internacional argentino tornou-se ainda o jogador com mais jogos disputados em Mundiais (25) a par do alemão Lothar Mathaus.

Veja também: Marroquino atira água a Ronaldo e quase acaba agredido por adeptos (Vídeo)

Julian Álvarez ampliou a vantagem da albiceleste aos 39 minutos. Contra-ataque rápido da Argentina, Álvarez arranca em velocidade na zona do meio-campo, ganha vários ressaltos e, na cara, de Livakovic, só encosta.

Veja também: Jornalista espanhol rasga Fernando Santos: ‘A maior traição da história de Portugal’

Julian Álvarez fez o terceiro golo argentino. O lance ter origem numa jogada enorme de Messi. Um verdadeiro baile do capitão argentino a Gvardiol, que fica completamente baralhado com os dribles de La Pulga. Depois, dentro da área, foi só servir Álvarez com um passe atrasado.

Veja também: Foi sempre apontado à saída e agora está prestes a renovar com o Benfica

Deixe uma resposta