Internacional

O gesto de Ronaldo que tocou Hargreaves antes da final da Champions

Em declarações à BeIN Sports, Owen Hargreaves contou uma história para dar conta da humildade de Cristiano Ronaldo.

Veja também: Os 10 jogadores mais ricos de 2020 e o primeiro não é Ronaldo ou Messi

Na temporada 2007/08, o antigo médio inglês dividia a cobrança de livres com o internacional português.

Eu pedia-lhe educadamente, como tudo [para cobrar livres]. Mas sendo honesto, estávamos sempre a treinar e ele sabia que eu conseguia bater. Ele sabia que eu marcava e eu adoro isso nele“, começa por contar.

Veja também: Os feitos históricos que Ronaldo quer alcançar no regresso do futebol

Antes da final da Liga dos Campeões entre o Manchester United e o Chelsea, que os red devils venceriam nos penaltis, Hargreaves estava em grande forma nos treinos de cobrança de livres. Tanto que foi sugerido que na final fosse ele o principal responsável nesse capítulo.

“Estávamos a treinar antes da final da Champions contra o Chelsea, ele estava num lado da área e eu do outro. Eu meti-a nove em cada dez no canto superior, estava o Edwin [van der Sar] na baliza. O Edwin chegou ao pé de mim e disse-me: ‘Owen, se tivermos um livre direto na final da Champions, tens de o cobrar’. Eu respondi-lhe: ‘Não o posso tirar ao Cristiano, é o Cristiano Ronaldo!“, referiu.

Veja também: Benfica reage a escorregadela em Portimão com um aviso

Mas Hargreaves não contava com a generosidade de Ronaldo.

“Depois, já no balneário, estávamos a aquecer para subir para o relvado, ninguém à minha volta. O Cristiano chega-se ao pé de mim e diz-me: ‘Owen, se tivermos um livre direto, é teu, vi-te treinar’. Isto era ele. Toda a gente pensa que é tudo sobre ele e que é egocêntrico, mas se fores bom em algo ele é o primeiro a ver isso. E por isso é que bati vários livres nesse ano, porque ele sabia que eu poderia marcar. Admiro isso nele”, concluiu.

Deixe uma resposta