Nacional

Mourinho usa o Man. City-FC Porto para criticar o VAR

Pisão de Gundogan a Marchesín no Manchester City-FC Porto

O VAR veio para ficar, mas está longe de agradar as gentes do futebol, nomeadamente José Mourinho. O treinador do Tottenham diz não entender os erros cometidos pelo VAR, dando entre muitos exemplos, o lance do penalti no Manchester CityFC Porto, na Liga dos Campeões.

“Acho que a atenção que os incidentes estão a ter é baseada no facto de existir o VAR. Sem o VAR, as situações no relvado aconteceriam, porque o ser humano, os árbitros, cometem erros. Já me conhecem há muitos anos e sempre foi difícil aceitar o erro humano, mas aprendi e atualmente aceito que os árbitros erram. Aquilo que não aceito são os erros do VAR“, afirmou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Burnley.

Mourinho procedeu a enumerar algumas situações em que o VAR falhou.

Aquilo que aconteceu no dérbi de Merseyside [a tal entrada de Pickford sobre Van Dijk que lesionou gravemente o holandês], com as coisas a acontecerem a cem à hora, diria ‘foi uma má entrada, aconteceu e já passou’. O problema e que estava lá o VAR. E na Liga dos Campeões o guarda-redes do FC Porto poderia ter agora uma perna partida. Ninguém percebe como uma possível perna partida para o guarda-redes do FC Porto se transforma numa grande penalidade contra o FC Porto. O problema é o VAR e não o árbitro”, referiu.

Recorde-se que o Burnley-Tottenham disputa-se esta noite, às 20h00.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!