Nacional

Mehdi Taremi sofre acusação grave após momento trágico no Irão (VÍDEO)

Mehdi Taremi celebra um bis na vitória do FC Porto sobre o Moreirense

A situação social que assola o Irão chocou todo o mundo e ainda mais Mehdi Taremi. Tudo porque uma jovem de 22 anos foi alvo de tortura e bárbaras agressões por parte da chamada polícia da moralidade, pelo simples facto de ter usado o véu islâmico, o que resultou na sua trágica morte.

Veja também: SAD do Sporting acusada de fazer a cama a Amorim e de já ter sucessor preparado

As mulheres e homens iranianos uniram-se em protestos um pouco por todo o país contra a opressão e o avançado do FC Porto nunca escondeu que era uma situação que lhe tocava profundamente. Mesmo assim, Taremi tem sido uma voz ativa a favor da liberdade e do fim da violência no seu país, mesmo tendo em conta os riscos que tanto o próprio como a sua família podem correr.

No entanto, nas redes sociais, começaram a circular provas que davam a entender que a posição de Taremi era exatamente contrária ao que defende, nomeadamente com a partilha de uma imagem em que o jogador apoiava o regime do governo iraniano.

O Polígrafo SIC veio a público esclarecer, referindo que o tweet que tem sido muito partilhado onde surge o aiatolá Ali Kahmnei líder supremo do Irão diz respeito a 2018 e não atual como se dava a entender.

Veja também: O gesto de João Victor com António Silva que caiu mal no balneário do Benfica

Taremi assume uma posição contra o regime e contra o chocante caso do assassinato da jovem iraniana. Desde setembro que o goleador do FC Porto se demarca do regime, tendo inclusivamente colocado um fundo preto na sua imagem de perfil do Instagram e ainda usado uma fita negra no braço na partida com o Estoril.

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!