Nacional

FC Porto apresentou queixa contra Matheus Reis e Varandas e já recebeu resposta

Otávio e Manuel Ugarte em disputa de bola no Sporting-FC Porto da final da Taça da Liga

No programa Universo Porto da Bancada, Francisco J. Marques revelou que o FC Porto apresentou queixa contra Matheus Reis e Frederico Varandas, na sequência do jogo da final da Taça da Liga.

Veja também: Comentador do Benfica arrasa Pinto da Costa: ‘É como um c* que ainda que esteja limpo é sempre sujo’ (VÍDEO)

O diretor de comunicação dos dragões revela as queixas foram rejeitadas pelo Conselho de Disciplina.

-

“Ouve-se falar da a lentidão da justiça desportiva, mas há uma altura em que é super sónica. Esperamos pelo clássico de domingo para falar disto. Na final da Taça houve o comportamento de Matheus Reis e as declarações sobre arbitragem de Frederico Varandas na garagem do estádio. O FC Porto apresentou duas participações disciplinares. No dia 31 de janeiro, às 13h12 por email. Foi lido às 15h02 e depois o FC Porto recebeu duas deliberações. Quem leu o email não sabemos, mas no próprio dia, assinado por toda a gente do Conselho de Disciplina, ambas no próprio dia, responderam a dizer que não aceitavam as participações, que não davam em nada. Siga o fandango“, afirmou.

Veja também: Benfica acusa Rui Pedro Braz de plantar notícias e de ser apenas um Uber

Ainda assim, Francisco J. Marques garante que o FC Porto irá recorrer ao TAD.

“O FC Porto já recorreu disto, mas sem ter um número de processo, foi um recurso à deliberação. Foi para o TAD. No caso de Matheus Reis, que teve um comportamento que as imagens ilustram, o CD diz que houve ausência de evidência de má-fé e justificou que o árbitro viu. Ninguém disse o contrário, mas não devia ser matéria de relatório? Nós também vimos”, concluiu.

Deixe um comentário