Internacional

Elma Aveiro arrasa político português que chamou Ronaldo de “animal”

Elma Aveiro recorreu à sua conta de Instagram para expressar a sua revolta a propósito de insultos contra Cristiano Ronaldo.

O alegado autor dos alegados insultos contra o astro português foi o político Rafael Macedo, do Partido Unido dos Reformados e Pensionistas.

Elma não foi meiga na resposta.

Hoje deparei-me com uma notícia muito feia, a chamar porco, etc, ao meu irmão Ronaldo. Não conheço este senhor nem faço questão porque se o encontrar não respondo por mim. Este gajo não deve ter família, e nem deve ser bom do miolo. Que não gostem de meu irmão, pronto, ele também não pode agradar a todos… Aqui vai a cara deste anormal que dizem ser pessoa formada.

Como me orgulho das minhas raízes, não sou formada mas tenho muito mais educação que certos marginais como este!!! Nem o meu irmão, nem ninguém merece estas coisas… por favor, urgente, tratem desse gajo doente e anormal“, escreveu.

A resposta de Rafael Macedo

Rafael Macedo recorreu igualmente às redes sociais para negar as acusações e esclarecer o sucedido. Aparentemente foi vítima de um ataque informático.

A minha conta foi invadida. Nunca faria esses comentários de baixo nível ao nosso CR7. Reparei que não é a primeira vez que isto sucede. Já mudei as password. Peço desculpa a todos e ao nosso Ronaldo. Mudarei as password todas as semanas. Os hackers andam aí. Cuidado. Estarei atento. Bloquearam muitas pessoas da minha conta. Lamento. Por isso é que há dias que não entendia os comentários ofensivos. Lamento a todos. Vou reparar a situação. Um abraço para todos”, escreveu no seu Facebook.

Numa outra publicação reforçou o pedido.

Eu não publiquei comentários ofensivos acerca do CR7. Vou amanhã à PJ verificar o que se passou. A minha conta foi hackeada. Eu não disse aquelas palavras altamente ofensivas. Ultimamente não sei até quando, tem acontecido esta situação. Isto é grave! Peço desculpa a todos, sobretudo ao CR7 e sua família, que admiro muito. Isto não é a primeira vez que ocorre. Já aconteceu na altura das eleições contra outros colegas e demais assuntos relacionados. Lamento a todos. Peço que partilhem esta mensagem porque não tenho acesso ao ocorrências. Peço desculpa. No limite terei de pagar esta conta e fazer uma nova“, escreveu

Macedo fez ainda um vídeo em que deu a cara para se defender e lamentar o sucedido.

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!