Nacional

Conceição quebra o silêncio após ter colocado o lugar à disposição

Após a vitória do FC Porto diante do Gil Vicente, Sérgio Conceição foi convidado a esclarecer as palavras que proferiu após a final da Taça da Liga. O técnico portista, recorde-se, denunciou a desunião que alegadamente reina no clube.

Veja também: Bruno Fernandes torna-se na maior transferência da história do Sporting

Sem abrir muito o jogo, Conceição deixou mais alguns recados.

No momento certo falarei disso. Qual é o clube que quer ganhar que não necessite de toda a gente a remar para o mesmo sítio e unida? Faz parte destas instituições que vivem de títulos. O mais importante é que hoje [terça-feira] ganhámos, e demos, depois de uma derrota difícil para nós, uma resposta importante de missão cumprida e agora é pensar já no próximo jogo, neste objetivo principal que temos. Dar tudo para ganhar este campeonato“, afirmou na flash interview da Sport TV.

Veja também: Pinto da Costa já tem substituto de Conceição e oferece salário milionário

Sobre a partida, o treinador reconheceu que os jogadores evidenciaram alguma frustração, pelo contexto difícil que os rodeia, sobretudo após a dolorosa derrota na final da Taça da Liga.

Não podemos esquecer o contexto deste jogo, tudo o que aconteceu há três dias. Perdemos a Taça da Liga no último segundo. As expectativas eram grandes para oferecer este título que nos falta num Museu tão rico e cheio. Notou-se na primeira parte. Se tivéssemos tido a tranquilidade como tivemos na segunda, podíamos ter feito dois ou três golos. Mas é compreensível, os jogadores são humanos, querem muito ganhar, sentem frustração e desilusão de uma derrota numa final que queriam muito ganhar. Tudo o que façamos em termos motivacionais por vezes não é suficiente. Não é fácil. Notou-se, alguns passes falhados que normalmente não falhamos, situações à frente do guarda-redes… Sofremos golo talvez no único remate do Gil, que estava bem organizado. Nós reagimos e fizemos o empate ainda antes do intervalo. Na segunda a equipa esteve bem mais sólida e tranquila e conseguimos naturalmente fazer o golo da vitória. Penso que o resultado é justo. Não há qualquer tipo de dúvida”, concluiu.

Veja também: Irina Shayk falou sobre a mãe do filho mais velho de Ronaldo

Deixe uma resposta