Nacional

Braga e V. Guimarães arrasam Costa após reunião com os três grandes

Sp. Braga e V. Guimarães expressaram o seu desagrado após a reunião em São Bento entre António Costa e os presidentes dos três grandes.

Veja também: VÍDEO: Georgina estava a treinar bem até que apareceu a pequena Alana

O motivo foi terem excluído os restantes clubes na decisão do regresso do campeonato, interrompido devido à pandemia do coronavírus.

Seguimos em terceiro da Liga, fizemos uma época europeia fantástica e, mesmo assim, voltámos a ser esquecidos pelo poder central“, referiu uma fonte do emblema bracarense ao jornal O Minho.

Veja também: Colega de Ronaldo diagnosticado com coronavírus… pela quarta vez

A mesma fonte considera que o primeiro-ministro deveria ter mostrado “mais consideração pelo campeão de inverno em Portugal“, numa alusão à conquista da Taça da Liga em janeiro.

Isto para não falar do excelente percurso interno que temos feito no campeonato, com vitórias frente aos ditos três grandes, inclusive no seu próprio território“, acrescentou.

Veja também: O VÍDEO VIRAL de Ronaldo que desespera os adeptos do Atl. Madrid

Já os vimaranenses expressaram a sua indignação pela voz do seu presidente Miguel Pinto Lisboa

“Nenhum clube pode ficar satisfeito quando o sr. primeiro-ministro quer conduzir uma reunião com vista ao retomar das competições, uma questão transversal a todos os clubes, e para essa reunião convida apenas o presidente da Federação e os presidente de três clubes, quando clubes profissionais na Liga são 36. Qualquer presidente tem que ficar indignado com isso. Seria suposto que, desde o primeiro momento, fosse convidado o presidente da Liga de Portugal, que é a entidade organizadora e representante de todos os clubes em Portugal“, refere.

Veja também: “Prefiro a arrogância de Ronaldo do que a falsidade de Messi”

Miguel Pinto Lisboa nota que, “entretanto, os termos foi alterados, estará na reunião também o sr. Pedro Proença, que é presidente da Liga de Portugal, e espero que esteja presente como representante de todos os clubes. Estamos num momento em que qualquer ruído que possa existir é prejudicial, porque o objetivo é para todos os clubes o retomar das competições. Tudo temos que fazer para que isso seja uma realidade em Portugal proximamente e, para isso, é preciso que situações como esta não ocorram, porque não vem beneficiar a unidade que é necessária para que se consigam atingir os objetivos“.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!