NacionalVídeos

VÍDEO: Amorim: Do ascendente psicológico à comparação com Conceição

Na conferência de imprensa de antevisão ao clássico com o FC Porto, Rúben Amorim abordou aquele que será o seu terceiro confronto contra os dragões esta temporada.

“Eu não vejo muitas diferenças na equipa, simplesmente vejo uma equipa sempre muito competitiva, com várias soluções. E realmente, se olharmos para o último jogo que eu tive, quando estava no SC Braga, em que jogamos na Taça da Liga, ver o momento em que estava e passado uns meses estar perto do título, revela muito do seu treinador, do clube e do espírito da equipa, portanto vejo uma equipa que quer ser campeã e do outro lado vai estar uma equipa que quer vencer o jogo, que está numa boa fase, que precisa destes jogos para crescer e prevejo um grande jogo, e tenho a certeza que o Sporting vai fazer um grande jogo”, afirmou.

Veja também: VÍDEO: Georgina em dança sensual mas os bebés só querem é carros

O treinador leonino discorda também da ideia de que impedir o FC Porto de se tornar campeão no clássico de amanhã, possa servir de consolação para o Sporting.

Não, de forma alguma. São três pontos. O importante é nós mantermos o nosso objetivo que é manter a nossa posição e tentar melhorar. No Sporting não podemos ter a consolação de uma época em ganhar a um rival, seja no jogo que for. Nós não estamos aqui para impedir que o FC Porto seja campeão, estamos aqui para vencer os nossos jogos. Não é consolação nenhuma, mas queremos vencer. Mais do que vencer é ver o comportamento da equipa e dos nossos jogadores”, referiu.

Veja também: VÍDEO: Peixeirada entre Manuel Serrão e Pedro Guerra: “Palhaço, idiota e mentiroso”

Amorim discorda também da ideia de que se o FC Porto for para o clássico já com o título conquistado, seja mais fácil para os leões.

Penso que é indiferente. Dá para ver dos dois lados, pode haver esse libertar de pressão, mas o jogadores sentirem-se mais soltos durante o jogo e quererem jogar e festejar em campo. Para mim seria importante, e volto a dizer, que o FC Porto não seja campeão hoje e que tenha de empatar ou vencer o Sporting para ser campeão. É isso que eu quero, porque foco-me no crescimento da equipa e pouco me importa quem vai ser campeão, o Sporting não pode ser, é-me indiferente. O que quero é que estejam todos os fatores no jogo, o FC Porto não sendo campeão hoje é mais um fator que está em jogo e vai-nos ajudar a crescer“, considerou.

Veja o vídeo abaixo.

Veja também: VÍDEO: Chuva interrompe diversão de Georgina e dos seus bebés

A verdade é que das duas vezes em que enfrentou o FC Porto esta época pelo Sp. Braga, Amorim foi feliz. Mas não vê qualquer ascendente psicológico em relação a Sérgio Conceição.

Não, o mister Sérgio Conceição já foi campeão, está a um ponto de ser campeão outra vez, tem muitos mais anos que eu, bateu o recorde de pontos do Olhanense, já esteve numa final da Taça, portanto eu não tenho ascendente, antes pelo contrário. Quem tem mostrado mais provas, mais conteúdo é o mister Sérgio Conceição em relação a mim. Os dois jogos que nós tivemos, num foram dois penaltis que o FC Porto falhou, no outro ganhamos aos 95′ que são pormenores. O que o mister Conceição tem, que são títulos, é isso que eu ambiciono para mim enquanto treinador e para o Sporting”, concluiu.

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!