Nacional

Tribunal manda arrestar ações e moradia de Vieira

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, em conferência de imprensa

Segundo adianta o Correio da Manhã, Luís Filipe Vieira viu o Tribunal Cível de Lisboa arrestar ações da Benfica SAD e a moradia na margem sul do Tejo.

Veja também: O momento em que Otamendi gozou com Ansu Fati: “É o Messi?” (VÍDEO)

De acordo com a mesma publicação, a decisão do Tribunal surgiu na passada 6ª feira, na sequência do pedido do Novo Banco, a propósito dos créditos concedidos à Promovalor, empresa do antigo presidente encarnado.

Recorde-se que entre 2014 e 2018, esta empresa registou perdas de 225 milhões de euros para o Novo Banco.

Veja também: Ferdinand revela em direto mensagem de Ronaldo após o United-Villarreal

Para pagar esses créditos, Vieira ofereceu bens pessoais como garantia, sendo que as ações da SAD do clube da Luz e a moradia na margem sul do Tejo são os únicos bens em nome de Luís Filipe Vieira.

Os bens foram arrestados depois de Vieira ter anunciado a receção de uma proposta de compra de 3,28% das suas ações da SAD do Benfica. O antigo líder das águias tinha em mãos uma oferta de 7,80 euros por ação, superior aos cinco euros por ação que pagou em 2001. Vieira pode receber 5,9 milhões de euros.

Veja também: José Semedo, amigo de Ronaldo, de luto após morte da mulher

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!