Nacional

Tribunal diz que Varandas foi agredido na garagem do Dragão

Frederico Varandas, presidente do Sporting Clube de Portugal

O Tribunal Arbitral do Desporto confirma que Frederico Varandas foi agredido na garagem do Dragão depois do clássico a 11 de fevereiro do ano passado.

Veja também: Fernando Mendes deixa recado a Schmidt: ‘Benfica não ganha nada desde que há VAR’

O Tribunal negou o recurso do FC Porto e manteve o acórdão do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Assim, o Tribunal dá como provado que depois do clássico entre FC Porto e Sporting, Rui Cerqueira, assessor de comunicação do clube portista, bateu na mão direita de Frederico Varandas, o que lhe fez cair o telemóvel.

Apesar de não haver imagens deste momento, o tribunal arbitral diz ter encontrado contradições no depoimento de Rui Cerqueira. Em sentido inverso, as quatro testemunhas do Sporting mostraram-se consistentes e credíveis nos testemunhos que deram.

Veja também: Benfica procura solução para jogador que custou 9,5M€ mas que não quer sair

Assim mantém-se a multa ao FC Porto e os 115 dias de suspensão a Rui Cerqueira. Os visados podem ainda recorrer ao Tribunal Central Administrativo do Sul ou mesmo ao Supremo de Justiça.

Deixe uma resposta