Internacional

Ten Hag responde a entrevista de Ronaldo e deixa acusação grave

Cristiano Ronaldo, avançado e Erik Ten Hag, treinador do Manchester United

Erik Ten Hag concedeu uma entrevista à Sky Sports onde abordou pela primeira vez a polémica entrevista de Cristiano Ronaldo, que abriu as portas de saída do Manchester United.

Veja também: Quem é Ricardo Regufe, o inseparável melhor amigo de Ronaldo?

O técnico dos red devils assegura que só soube do desejo do craque português em sair após essa entrevista.

“Ele queria sair, isso ficou bastante claro. E, quando um jogador não quer, de todo, estar neste clube, então, tem de sair. A entrevista foi a primeira vez que ele disse que queria sair. Penso que, enquanto clube, não podemos aceitar isso. Tem de haver consequências. Ao dar esse passo, ele sabia as consequências. Antes disso, nunca me tinha dito“, afirmou.

No verão, tivemos uma conversa. Ele chegou e disse ‘Vou dizer-lhe dentro de sete dias se quero ficar’. Depois, voltou e disse ‘Quero ficar’. Até àquele momento, nunca tinha ouvido nada. Nós queríamos que ele fizesse parte do nosso projeto“, acrescentou.

Veja também: Ricardo Sousa volta a arrasar Conceição: ‘Tocou no mais sagrado para mim”

Ten Hag garante que Ronaldo não estava na melhor forma física.

Quando ele está em boa forma, é um bom jogador. E podia ajudar-nos a alcançar os objetivos que temos. Isso é bastante claro. Mas ele não estava. Gosto de trabalhar com jogadores de classe mundial. Sei que podem fazer a diferença”, referiu.

O que aconteceu, aconteceu. Tenho de tomar opções quanto aos jogadores que não estão a corresponder e escolher a melhor equipa. A minha responsabilidade é para com o clube e a equipa. É por eles que tenho de tomar as decisões que tomo”, concluiu.

Veja também: Félix dá murro na mesa e deixa recado a jornalistas sobre Ronaldo

Deixe uma resposta