Internacional

Técnico do United e Ronaldo no banco frente ao City: “Não o coloquei por respeito”

Cristiano Ronaldo no primeiro jogo de pré-época no Manchester United

Após a humilhação que o Manchester United sofreu diante do Manchester City, Erik Ten Hag foi convidado a explicar o motivo pelo qual decidiu deixar Cristiano Ronaldo no banco de suplentes.

Veja também: Bruno Lage despedido do comando do Wolverhampton – ÚLTIMA HORA

O treinador dos red devils justificou a opção de forma peculiar.

Não coloquei o Cristiano Ronaldo em campo por respeito pela sua grande carreira. E a outra razão foi que podia colocar o Anthony Martial, pois ele precisa de minutos“, afirmou.

Ten Hag explicou ainda a derrota pesada diante do Manchester City, considerando que os jogadores foram indisciplinados no cumprimento do plano de jogo.

É bastante simples, não acreditámos. Quando em campo não acreditamos que podemos ganhar, isso é algo inaceitável. Estivemos indisciplinados no que diz respeito ao cumprimento das regras em campo e fomos trucidados, foi o que aconteceu. Para mim foi uma surpresa. Não fomos corajosos. O City teve mérito mas isto não teve a ver com eles, simplesmente a nossa exibição não foi boa. Teve, sim, a ver com o nosso descrédito individualmente e coletivamente“, referiu.

Veja também: Schmidt reage aos penaltis que terão ficado por marcar no Benfica-Guimarães (VÍDEO)

Senti [os problemas] logo desde o início e ao intervalo mudámos a atitude. Vimos um United diferente e marcámos golos, criando mais ocasiões (…). No entanto, desiludimo-nos e aos nossos adeptos“, acrescentou.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!