Nacional

TAD decidiu sobre castigo a Pepe após confronto com Hugo Viana

Pepe amarelado pelo árbitro João Pinheiro no FC Porto-Sporting

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decidiu dar razão ao recurso que Pepe apresentou em relação ao castigo de 23 dias e à multa de 2.870 euros que foi aplicado ao capitão do FC Porto, na sequência do desentendimento com Hugo Viana, após o clássico de 11 de fevereiro com o Sporting.

Veja também: Aviso do Málaga ao Braga por Ricardo Horta: “Se não aceitam a oferta…”

Segundo adianta o diário desportivo Record, o TAD considerou que o relatório do árbitro João Pinheiro utilizado como base para o Conselho de Disciplina para castigar Pepe, ficou comprometido após o depoimento de uma testemunha dos leões.

Recorde-se que o relatório do árbitro referia: “Pontapeou um diretor da equipa adversária praticando um ato de conduta violenta“.

Mas o depoimento do médico José Carlos Noronha confrontado, pela defesa, com a fotografia que afirmou conhecer, referiu” que a ferida “pelo acumulo de pele no fundo, é mais compatível com uma calcadela, não parecendo resultar de um pontapé, caso em que o movimento ascendente típico de um pontapé evidenciaria a deslocação de pele de baixo para cima“.

Veja também: Jogador que não entra na conta de Roger Schmidt faz birra e tenta forçar saída do Benfica

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!