Nacional

Sporting arrasa VAR do Santa Clara-Benfica e critica cartilha de ex-árbitros

João Mário em disputa de bola com Morita no Santa Clara-Benfica

Miguel Braga aproveitou a presença no programa Raio-X, da Sporting TV, para confirmar a queixa dos leões à Comissão de Instrutores da Liga contra Pepe, na sequência da alegada agressão a Coates no clássico com o FC Porto.

“Sim, corresponde à verdade. O Sporting avançou com este pedido. É difícil não falar sobre arbitragem com o que se passou em campo. Acho que o Nuno Almeida não teve influência no resultado. Foi um jogo difícil, de muita intensidade, e mesmo os cartões amarelos… Não parece bem, após criticar Artur Soares Dias por expulsar Gonçalo Inácio aos 17 minutos [em Braga], fazê-lo agora. Houve erros para um lado e para o outro. O que me deixa inquieto é o lance capital do jogo, cuja responsabilidade é inteira do VAR; quando digo VAR, não é a sua figura“, afirmou.

Veja também: Del Piero defende Ronaldo: “A Juventus não cresceu com a superestrela”

O diretor de comunicação do Sporting criticou o facto de o VAR não ter chamado o árbitro Nuno Almeida a consultar o lance em causa e criticou a “cartilha de ex-árbitros” que consideram não ter havido razões para assinalar a grande penalidade.

“O lance entre o Pepe e o Coates é capital. O Pepe faz aquilo que o vimos fazer noutros campeonatos e noutros lances. Vemos o Pepe a cerrar os dentes… e pronto! O VAR, com assistente e não sei quantas televisões, vê isto passar-lhe à frente e acha normal. E há uma cartilha de ex-árbitros, que quase escreveu que a culpa era do Coates. Foi uma tentativa de libertação em que cerrou os dentes, fechou a mão e deu-lhe um murro nos queixos. Alguém olha para isto, acha normal e não chama o árbitro a uma segunda consulta”, acrescentou.

Veja também: “Aquilo que Ronaldo faz, outros jogadores conseguem fazer” (VÍDEO)

Miguel Braga também condenou a arbitragem do Santa Clara-Benfica.

“Este [Sporting-FC Porto] não foi o único jogo em Portugal onde houve erros claros. O jogo do Benfica teve duas partes distintas e o guarda-redes do Benfica era expulso em qualquer parte do mundo. É óbvio que no clássico, o Sporting se apanha na frente e a jogar com mais um… Há uma influência clara no resultado e na classificação. O Vlachodimos varre complemente ao adversário; no Coates, o fartote que deve ter sido no balneário do FC Porto. O Pepe até disse para irmos ver ao VAR“, concluiu.

Veja também: O discurso “poderoso” de Ronaldo ao plantel do United antes da estreia

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!