Nacional

Sporting arrasa VAR do jogo com o Famalicão e fala em penalti por marcar

Lance entre Jovane Cabral na área do Famalicão no empate do Sporting

Miguel Braga, diretor de comunicação do Sporting, veio a público pronunciar-se sobre as incidências do jogo com o Famalicão (1-1).

Veja também: Ronaldo em fúria no balneário da Juventus após o jogo com o Génova

O dirigente leonino visou Nuno Manso, árbitro-assistente na partida, considerando que o mesmo não tem condições para arbitrar mais jogos do emblema de Alvalade. Miguel Braga revela que o auxiliar tem um processo em tribunal com uma vogal do SC Braga.

Se virmos as imagens percebemos que quem expulsa o Rúben Amorim é o árbitro auxiliar, Nuno Manso, que tem um episódio lamentável, em 2016, com uma vogal com o núcleo do Sporting em Braga. Nuno Manso está a ser julgado por ofensa à integridade física e ofensas a uma mulher. É normal alguém que está a ser julgado por litígios seja nomeado pela terceira vez para um jogo do Sporting?“, questionou no programa Raio-X, da Sporting TV.

Veja também: Jornalista francês goza com portugueses e Ronaldo: “Mau gosto” (Vídeo)

O diretor de comunicação do Sporting acusou Nuno Manso de ter sido o principal responsável pela expulsão de Hugo Viana.

Ele disse palavras pouco simpáticas ao Hugo Viana que levou à sua expulsão. Aconteceram coisas neste jogo que prejudicaram o Sporting“, referiu.

As críticas de Miguel Braga também visaram o árbitro Rui Costa e o VAR António Nobre, considerando que o primeiro golo do Famalicão deveria ter sido anulado.

“A imprensa desportiva passou ao lado da jogada capital pois no golo do Famalicão há uma simulação de um jogador do Famalicão e a regra geral passa por marcar falta e dar o cartão amarelo. O Rui Costa pode ser ludibriado, já o VAR que costuma estar tão atento ao Sporting, vendo até golos de 2 cms do Pote ou se a bola do Porro saiu… não me pareceu que tenha revisto o lance dada a velocidade com que o jogo foi retomado“, afirmou.

Veja também: Os insultos de Rúben Amorim no Sporting-Famalicão: “Vai-te f**er”

Por último Miguel Braga queixa-se da dualidade de critérios em comparação aos rivais, lembrando uma grande penalidade que considera ter ficado por marcar.

“O lance do Jovane acho pouco compreensível. Se fosse outro clube e outro jogador, o penálti seria marcado, é esta a minha opinião vendo os penáltis que marcam aos nossos rivais onde basta um toque. O futebol é um jogo de contactos”, concluiu.

1 comentário

  • Força Sporting, coragem para o resto dos jogos que vos falta, cabeça erguida. Sao os votos de uma Benfiquista que sabe ver futebol

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!



WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com