Nacional

Schmidt: ‘Enzo? Até 31 de dezembro está seguro, depois…’

Roger Schmidt em conferência de imprensa do Benfica

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o SC Braga, Roger Schmidt foi bombardeado com o tema da possível saída de Enzo Fernández do Benfica.

Veja também: Espanhóis revelam o novo clube de Cristianinho e falam num regresso

O técnico encarnado começou por referir que tanto o médio como Otamendi chegaram da seleção argentina em boa forma e com a motivação em alta. Falando especificamente sobre Enzo, Schmidt assume que há o risco de o jogador deixar o Benfica em janeiro.

“Não vou dar o onze inicial hoje. O que posso dizer é que Otamendi e Enzo já regressaram, vieram muito bem dispostos e em boa forma. Já treinaram com a equipa, estão muito motivados. Estamos todos orgulhosos pelo que fizeram pela Argentina, pela forma como jogaram. Aliás, estamos assim por todos os jogadores. Sempre que os nossos jogadores jogam torneios internacionais é um bom sinal para nós. Estão novamente focados no Benfica. Enzo? Até 31 de dezembro estamos seguros de que temos os jogadores todos e ninguém pode sair. Para já, estamos em véspera de jogo e estou tranquilo. Depois abre-se o mercado e quando se tem jogadores de grande talento corremos sempre o risco de perder jogadores. Para já, estamos concentrados no jogo de amanhã”, afirmou.

Veja também: Rui Costa fala do mercado de janeiro e deixa promessa sobre Enzo

O treinador das águias mostrou-se igualmente agradado com a motivação e intensidade demonstrada pelos dois argentinos, depois da conquista do Mundial.

“Para estes jogadores, vencer o Mundial no meio da temporada… Normalmente quando se vence o campeonato do Mundo vêm umas férias a seguir, mas aqui é diferente. Jogaram o Mundial em dezembro. É difícil para os jogadores, é difícil voltarem a estar prontos para as competições domésticas, mas tanto o Otamendi como o Enzo sempre demonstraram uma grande atitude. Sempre com muita intensidade e ritmo em todos os jogos. São os únicos dois jogadores na nossa equipa que mantiveram o ritmo. Espero que amanhã aproveitem a oportunidade”, referiu.

Questionado sobre as recentes declarações de Enzo Fernández, a dar conta do regresso à Argentina em janeiro, Schmidt garantiu não ter essa informação. No entanto, alertou para o facto de as regras serem iguais para todos os jogadores e não há exceções.

“Não sei nada sobre isso. Não sigo as coisas que aparecem nas redes sociais. Somos uma equipa de futebol profissional e há regras para todos os jogadores. É importante que descansem entre jogos e não há exceções“, disse.

Veja também: Sofia Oliveira: ‘Não imaginava que o Benfica fosse capaz’

Por último, o timoneiro dos encarnados foi questionado sobre se havia pedido a Enzo para continuar na Luz.

Não posso revelar essas conversas. Quando falo com os jogadores, são coisas que guardo para mim. O que posso dizer é aquilo que já disse. Todos sabemos como é o futebol. Estes jovens têm oportunidades, e não se trata só do Enzo. Se tiverem oportunidades têm de tomar decisões, e eu respeito-as. Posso aconselhá-los, mas eles só têm uma carreira. Se eu os puder convencer ou influenciá-los num determinado sentido tento fazê-lo, mas aceito as suas decisões“, concluiu.

Deixe uma resposta