Internacional

Ronaldo deixa a dica a Messi: “Hoje levei a melhor” (VÍDEO)

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi no Barcelona-Juventus, a contar para a Liga dos Campeões

Após ter sido decisivo na vitória da Juventus diante do Barcelona, Cristiano Ronaldo destacou a exibição coletiva da sua equipa, numa partida difícil.

Veja também: Jornalista chora em direto ao falar do último jogo entre Ronaldo e Messi (VÍDEO)

“Sabíamos que era uma missão muito difícil, mas no futebol tudo é possível. Sabíamos que ia ser um jogo difícil, contra uma excelente equipa, mas entramos bem no jogo. Conseguimos fazer um golo cedo e isso deu um pouco de esperança no jogo. A equipa esteve bem nos primeiros 30 minutos, com confiança, marcamos os dois primeiros golos e depois foi aguentar. Na segunda parte, o Barcelona tinha que forçar porque tinham que tentar virar o resultado, nós esperamos e conseguimos marcar o terceiro. Acho que foi um jogo bom, independentemente de não ter adeptos. Este estádio é sempre muito mais bonito com adeptos, mas foi bom passar em primeiro e ganhar 3-0 ao Barcelona não é nada fácil“, afirmou em declarações à Eleven Sports.

Veja também: Jogadores abandonam PSG-Basaksehir por racismo do 4º árbitro (VÍDEO)

O craque português foi ainda questionado sobre a sua rivalidade com Lionel Messi, garantindo que existe uma relação de cordialidade entre ambos.

Partilhamos o mesmo palco durante uns 12, 13 ou 14 anos, na verdade já nem sei, e foi um jogador com quem eu sempre me dei bem. A rivalidade é o que a imprensa tentar tornar porque é normal, mas eu nunca senti que houvesse alguma rivalidade. Simplesmente ele joga pelo Barcelona, eu joguei pelo Real Madrid, pelo Manchester [United] e agora pela Juventus. Há sempre esse duelo. Deu para mim, conseguimos marcar dois golos, mas têm sido sempre boas batalhas. Ele tenta fazer o melhor pelo clube dele e eu pelo meu, mas hoje eu levei a melhor“, referiu.

Veja também: Juventus responde a provocação de mês e meio do Barça a Ronaldo

Por último Ronaldo garantiu que está a cuidar-se para responder da melhor forma aos desafios de uma temporada que será exigente, ainda para mais com o Euro 2020.

“É como eu digo. Eu vivo o futebol no momento, no presente. O presente é o mais importante. Sinto-me bem, com força. Estou a fazer golos importantes, o que eu mais quero é continuar. Vai ser um ano muito difícil. É um ano em que tenho que ter inteligência para poder fazer uma boa gestão. É um ano de Europeu. Mas eu estou preparado, tenho feito as coisas bem, tenho-me preparado bem e os resultados estão a aparecer. O que eu quero é continuar o meu caminho esta época e os próximos anos que virão“, concluiu.

Veja também: Revelado diálogo dos árbitros no PSG-Basaksehir: “O negro está ali”

Veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Por favor desactive o seu adblocker ou coloque-nos na sua  lista de sites permitidos.

Muito obrigado!

Please disable your adblocker or whitelist this site!

Thank You!